PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Em último ato, Sheik tenta acabar com risco de queda do Corinthians

Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians
Imagem: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

26/10/2018 06h30

Seis anos depois de ter sido um dos heróis do tão sonhado título da Libertadores, Emerson Sheik tem mais uma missão importante no Corinthians. Em seu último ano de carreira, o atacante tenta acabar com o risco de rebaixamento do time paulista no Campeonato Brasileiro.

Sheik voltou ao Corinthians em fevereiro e participou de 36 jogos, sendo dez como titular. Agora, o atacante conquistou de vez seu espaço com Jair Ventura e deve iniciar sua quarta partida consecutiva, algo inédito nesta temporada. Ele participou do esboço do Timão para o confronto com o Bahia, neste sábado, às 19h, na Arena - o Corinthians ocupa a 12ª colocação e está a três pontos da zona de rebaixamento, enquanto o Bahia soma um ponto a mais e está em 13º lugar na tabela.

No início desta temporada, Sheik dividiu as opiniões da torcida quando foi anunciado como reforço. No entanto, teve papel importante dentro e fora de campo, ajudou na conquista do Paulistão e renovou seu contrato até o fim de 2018. Ele avisou que vai se aposentar, mas não revelou qual será seu futuro.

Até pela idade, Sheik recebe atenção especial da comissão técnica nos trabalhos do dia a dia. Ele foi a campo apenas na quinta-feira e foi escalado na equipe titular. Até a quarta, tinha feito atividades na parte interna do CT Joaquim Grava.

Sheik está no fim de sua terceira passagem pelo Corinthians e luta para não ter o rebaixamento com o clube em seu vitorioso currículo. Ele soma sete títulos - Paulista (2013 e 2018), Brasileiro (2011 e 2015), Recopa Sul-Americana (2013), Libertadores (2012) e Mundial (2012) -, além de 193 jogos e 28 gols pelo clube.

Esporte