PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Duelo de seis pontos: Goiás e Avaí miram consolidação no G4 da Série B

25/10/2018 17h46

O duelo entre Goiás e Avaí renderá em emoção pela importância dentro da Série B. Nesta sexta-feira, o Esmeraldino recebe o Leão, às 21h30, no Olímpico, em Goiânia, em partida válida pela 33ª rodada da competição. Os goianos estão, com 53 pontos, enquanto os catarinenses recebem 52 somados.

Na rodada passada, as equipes não conquistaram os três pontos. Isto, anima ainda mais o confronto dos dois times, que estão na mira do acesso e de um possível título brasileiro nesta reta final de competição.

O técnico do Goiás, Ney Franco ressaltou que os dois últimos jogos foram ruins pela perda de pontos. Mas salientou que a equipe deve manter os bons resultados dentro de casa.

- Temos que ter 100% de aproveitamento em casa. O que me preocupa mais são os dois últimos jogos que empatamos em casa. Foram quatro pontos que deixamos e que estão fazendo falta. Mas só trocaria nossa posição pela do Fortaleza. Não há desespero, nossa semana está sendo normal de cobrança e de trabalho, pois temos uma equipe em condição de fazer um bom jogo e de conseguir os três pontos.

O comandante não confirmou a escalação para a partida. Entretanto, ressaltou que haverá apenas uma mudança: a entrada de Victor Ramos, que se recuperou, no lugar do zagueiro Edcarlos.

O técnico do Avaí, Geninho destacou que será uma partida complicada por todas as circunstâncias e avisou que os catarinenses não se omitiram dentro de campo e que vai atacar.

- Vai ser uma partida interessante, o Goiás vai vir para cima, ele não tem outra opção. Nessa fase do campeonato, em casa, você não pode jogar por uma bola. E a característica do Avaí é de jogar para cima, o campeonato todo jogamos em cima do adversário também fora de casa. Nunca deixamos de atacar, buscar a vitória. Vai ser jogo bom, onde quem errar menos vai levar o jogo - disse o técnico.

Geninho confirmou dois dos três jogadores que substituem os suspensos. Sem Capa, Igor Fernades joga. No lugar de Airton, Marquinhos Silva fica com a vaga. No ataque, porém, Jones Carioca e Daniel Amorim disputam o lugar de Rodrigão.

Esporte