PUBLICIDADE
Topo

Esporte

'Cristiano errou ao deixar o Real Madrid', diz ex-presidente do clube

25/10/2018 14h10

Ramón Calderón foi presidente do Real Madrid de 2006 até 2009, quando deixou o comando do clube por polêmicas se falsificar resultados eleitorais na mesa da assembleia do time merengue. Entretanto, o ex-mandatário ainda tem opiniões fortes sobre o atual momento dos madridistas.

Em coletiva aos jornalistas espanhóis em um evento, o ex-presidente dos merengues soltou o verbo sobre a venda de Cristiano Ronaldo pelo atual comandante do clube, Florentino Pérez.

- Em uma empresa, quando o sucesso ocorre, os funcionários esperam que eles melhorem voluntariamente as condições, ou pedem por isso. Cristiano não foi ouvido e ele estava lendo todos os dias que um jogador estava chegando e eles iam pagar 350 milhões, queriam pagar apenas 50 por ele. Chega um momento em que você percebe que eles não amam você. O presidente está errado. Cristiano também errou ao decidir sair. Não há muitas equipes no mundo que te dariam o mesmo que o Real Madrid - disparou.

Calderón também afirmou que José Mourinho será o treinador do Real Madrid assim que deixar o Manchester United. Segundo o ex-presidente, o técnico português é o único que cativou o apreço de Florentino.

- Mourinho chega só chega se tiver uma segurança, só o que eu não sei é quando. Aposto que dentro de um ano, um ano e meio. Mourinho é treinador do Madrid se não estiver em Manchester. Ele é o único treinador que fascinou o presidente, que demontra uma grande paixão. Acho que ele vai voltar - disse.

Esporte