PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Carli vê Botafogo focado mesmo com atraso salarial: "Longe de interferir"

Joel Carli em ação durante treino do Botafogo - Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Joel Carli em ação durante treino do Botafogo Imagem: Vitor Silva/SSPress/Botafogo

24/10/2018 11h57

Sequência sem vitórias no Campeonato Brasileiro, dois jogos sem marcar e salários atrasados. O atual cenário do Botafogo é preocupante. Mas nesta quarta-feira (24), após o treino no Nilton Santos, Carli foi enfático ao negar que as pendências financeiras atrapalhem o elenco.

Quando questionado se os dois meses de salários atrasados estariam interferindo no rendimento da equipe em campo, o zagueiro argentino tratou de negar, depois de avisar que não falaria se uma promessa em relação à quitação teria sido feita pela diretoria ou não.

"Não sou hipócrita, ninguém gosta de estar com os salários atrasados, mas está muito longe de interferir. Somos muito responsáveis pelo momento que estamos passando", disse Carli.

"Sou jogador de futebol e responsável pelo que acontece em campo, e não por falar de salário. Tem gente responsável por isso. Aí acabou a nossa conversa de salários atrasados", avisou, na sequência.

Para tentar se afastar da zona de rebaixamento, o Botafogo, que está quatro pontos acima do Z4, visita o Atlético-PR em duelo agendado para as 21h (de Brasília) deste sábado. Carli, suspenso do último jogo, contra o Bahia, deve voltar à equipe.

"No último jogo, temos a consciência que não conseguimos fazer o nosso melhor trabalho. Estamos muito confiantes de fazer uma boa partida com o Atlético-PR. Trabalhamos muito", declarou o defensor.

Esporte