PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Projeto 'Tubarão Mais Social': esporte e educação unidos em Santa Catarina

19/10/2018 17h40

No Brasil, uma das maiores dificuldades encontradas por um jovem que deseja se tornar jogador de futebol profissional está na tentativa de unir a rotina de treinamentos e compromissos que a carreira exige, aos estudos. Por isso, o Clube Atlético Tubarão vem realizando uma série de iniciativas para contribuir com a educação de seus atletas e do estado de Santa Catarina. Todas fazem parte do projeto denominado "Tubarão Mais Social".

Em setembro e outubro, o clube promoveu diferentes ações com escolas do estado, como palestras de seus funcionários e visitas de estudantes ao centro de treinamento, onde puderam participar também de atividades diárias presentes nas rotinas dos jogadores.

A conquista de maior destaque se concretizou no dia 4 de outubro, quando, em parceria com a Unisul, conseguiu bolsas de estudo para os atletas de suas categorias de base. A meta é ter ao menos dez garotos matriculados em algum curso de ensino superior até o início de 2019. Um dos candidatos é o goleiro Rodrigo, do sub-17, que sonha em cursar Agronomia.

O Tubarão aposta que investir no crescimento acadêmico afeta diretamente o desempenho do elenco em treinamentos e em jogos. Por isso a expectativa é de que os efeitos sejam positivos dentro de campo e também na vida de cada um dos jogadores.

Ao levar profissionais do clube para dar palestras em salas de aula de escolas de Santa Catarina, o Tubarão reafirma seu compromisso em contribuir com a conscientização de jovens sobre assuntos relacionados a melhores práticas no futebol, além de mostrar as rotinas de alguém que trabalha com esporte para os estudantes que pensam em seguir uma profissão na mesma área.

- Nós entendemos e reconhecemos o legado e a relação que deve existir entre um clube de futebol e a comunidade em que ele está inserido - destaca o presidente do Atlético Tubarão, Luiz Henrique Martins Ribeiro.

Em 2015, o Tubarão se uniu à empresa K2 Soccer S/A e se tornou o primeiro clube startup do Brasil. Desde então, conquistou o acesso para a divisão de elite de seu estado em 2016, o título da Copa Santa Catarina em 2017 - dando vaga à Copa do Brasil deste ano - e subiu para a série D em 2018, além de terminar em terceiro lugar no último Campeonato Catarinense, fato que lhe rendeu uma vaga na Copa do Brasil do ano que vem.

Possui um planejamento bem definido e projetos ambiciosos, como a meta de ser um dos 40 maiores clubes do Brasil até 2025. Em julho deste ano, recebeu o Certificado de Clube Formador, algo que apenas 45 em todo o Brasil conquistaram. Fato que demonstra a atenção que o Atlético Tubarão dedica a suas categorias de base.

Confira outras respostas do presidente do Clube Atlético Tubarão, Luiz Henrique Martins Ribeiro:

Como essas ações do Projeto "Tubarão Mais Social" impactam no clube e na comunidade?

Essas ações relacionadas com a comunidade estão conectadas com todo o Atlético Tubarão. Nós entendemos e reconhecemos o legado e a relação que deve existir entre um clube de futebol e a comunidade em que ele está inserido.

Essas iniciativas pela educação se relacionam ao futebol de que maneira?

Nós temos diversas ações relacionadas especialmente com as escolas. Acreditamos que o clube deve estar conectado a educação em diversos aspectos, como nos estádios e em toda a parte que envolva melhores práticas relacionadas ao futebol, e também com o bom relacionamento entre torcida e clube.

Qual o principal objetivo destas ações?

Buscamos levar boas ideias e uma mensagem positiva principalmente aos jovens. É um conceito dentro desse projeto maior chamado 'Tubarão Mais Social', que envolve a relação direta com a comunidade e também a conquista que tivemos, e que nos deu grande satisfação, com a CBF nos chancelando como clube formador, algo importantíssimo e que contribui com processo de formação e educação. Nessa etapa mais recente, foi fundamental a cooperação da Unisul para concessão de bolsas de ensino superior para os nossos atletas que fazem parte do departamento de formação.

Como você resumiria o projeto "Tubarão Mais Social"?

São várias iniciativas conectadas em diferentes segmentos, diversos setores, e que visam sempre relacionar as ações do clube com educação. Esse é o nosso olhar e o viés que o Atlético Tubarão tem. Nós acreditamos que a fórmula que vai ajudar a melhorar as práticas presentes no futebol brasileiro vem não só das nossas visões de gestão, mas também do relacionamento com a educação. Esses são os pontos do projeto Tubarão Mais Social.

Esporte