PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Pochettino rejeita treinar Argentina: 'Neste momento é inviável'

19/10/2018 10h56

A Argentina segue em busca de um treinador após a demissão de Jorge Sampaoli, que foi um desastre na última Copa do Mundo. Mais um nome negou a possibilidade de dirigir a Albiceleste neste momento. Em entrevista ao canal "DirecTV Sports", Mauricio Pochettino admitiu se sentir honrado por ter sidoligado à seleção, mas apontou o seu compromisso com o Tottenham como empecilho para aceitar o desafio.

- Quando vejo que meu nome está sendo cotado me deixa muito honrado, mas tenho mais quatro anos de contrato aqui com o Tottenham e é inviável assumir a seleção argentina - afirmou o treinador, que renovou recentemente com o Tottenham.

Enquanto não acerta com um técnico, a Argentina segue sendo comandada pelo interino Lionel Scaloni, cujos assistentes são os também ex-jogadores Walter Samuel e Pablo Aimar. A efetivação do jovem treinador já é cogitada pela imprensa argentina, uma vez que nomes como Diego Simeone e Marcelo Gallardo não devem deixar o Atlético de Madrid e River Plate, respectivamente.

Como alternativas, a AFA estuda nomes de menor expressão. Entre eles estão o técnico do Atlanta United, Tata Martino, e do Boca Juniors, Guilhermo Schelotto.

Esporte