PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Destaque na Série C, goleiro celebra acesso e mira título do Operário

28/08/2018 18h06

Há dois anos defendendo o Operário-PR, o goleiro Simão conquistou mais um importante objetivo com o clube. No último domingo, com a vitória por 3 a 0 sobre o Santa Cruz, o camisa 1 ajudou a garantir o acesso do Fantasma à Série B do Brasileirão. Depois do título da Série D em 2017 e do Estadual este ano, o camisa 1 agora mira a conquista da Série C.

Titular absoluto da equipe desde a temporada passada, Simão foi um dos destaques do clube ao longo de toda a competição. Com boas defesas, inclusive no jogo de ida das quartas de final contra o Santa Cruz, quando o Operário saiu derrotado por 1 a 0, o camisa 1 evitou que o prejuízo fosse ainda maior.

- A gente trabalha muito, se dedica demais para quando estar ali e for exigido poder ajudar. Não só eu, mas a defesa toda, que começa lá pelos atacantes se dedicando, então acabou facilitando para a gente. Pude ajudar quando a gente foi acionado e devo isso muito ao meu preparador de goleiros e aos goleiros que treinam comigo. Com certeza é o momento mais marcante da minha carreira, que vai ficar marcado para sempre na minha memória pelo tanto que trabalhamos e nos dedicamos. Estamos há dois anos no clube, tem um grupo de jogadores sensacional e agora estamos colhendo os frutos de todo o trabalho dos últimos dois anos - comemorou.

Antes de falar na busca pelo título, Simão prega respeito às partidas diante do Bragantino e lembra dos confrontos com a equipe durante a primeira fase da Série C, que terminaram empatadas. O goleiro ainda revelou que o objetivo inicial do Operário na competição, por ter disputado a Série D em 2017, era não voltar à quarta divisão.

- O primeiro objetivo era não cair. Vínhamos da Série D e pensávamos primeiramente em não cair. Conseguimos classificar, fizemos uma grande campanha, subimos para a Série B e agora vamos para uma semifinal. O Bragantino é uma equipe muito boa. Enfrentamos eles na primeira fase, em dois jogos muito equilibrados, dois empates. Os detalhes vão fazer a diferença, então vamos nos preparar forte. Vamos primeiro buscar a vaga na final para depois pensar em tentar o título. Esse é um grupo de vencedores, jogadores que gostam de disputar títulos e na Série C não será diferente. Vamos brigar com unhas e dentes para trazer esse título aqui para Ponta Grossa - completou.

Esporte