PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Brasileiros se destacam na 2ª divisão do Japão e analisam o futebol local

28/08/2018 15h26

Os brasileiros Leandro Domingues e Mateus Castro estão se destacando na Ásia. Atuando na segunda divisão do futebol japonês, ambos os jogadores tiveram passagens pelos clubes baianos Vitória e Bahia, respectivamente.

No penúltimo final de semana, foram os protagonistas de suas equipes. Leandro anotou o primeiro gol do Yokohama FC na vitória por 2 a 0 sobre o Kamatamare Sanuki. Mateus também foi o responsável por abrir o placar na vitória do Omiya Ardija sobre Albirex Niigata, por 2 a 1.

- Tenho lidado de forma natural com esse bom momento, afinal na minha carreira sempre busquei dividir responsabilidades, respeitar as diferenças e somar os esforços para alcançar os resultados. E dentro do Yokohama, não seria diferente, essa postura é fundamental para alcançarmos o resultado pretendido. Também vivo agora um lindo momento dentro da minha família, chegada de mais um filho(a)e no meu caso, isso está sendo refletido dentro do campo - analisou o meia Leandro, que já soma mais de oito anos de experiência no futebol asiático:

- Essa experiência eu encaro como um ponto muito positivo dentro da minha carreira. São decisões que tomei no começo desta e que me influenciam positivamente até hoje. Pois a possibilidade de poder atuar no exterior são momentos marcantes na vida profissional de qualquer atleta - contou.

Há quatro anos defendendo as cores do Omiya, o meia Mateus explicou a diferença entre o futebol da primeira e segunda divisão do Japão.

- A primeira divisão tem um estilo de jogo de mais toque de bola, com jogadores mais técnicos e você tem mais espaço para jogar. Na segunda divisão é um jogo mais pegado, mais correria, de marcação forte - explicou o brasileiro, antes de analisar a evolução do esporte no país:

- O futebol japonês está evoluindo muito bem a cada ano que passa. Já tem muitos jogadores saindo para Europa e o campeonato está aumentando sua visibilidade agora com vários jogadores que já estiveram no topo do mundo como o Iniesta, Podolski e outros - finalizou Mateus.

Esporte