PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Com titulares e Liziero liberados, reservas vencem jogo-treino

27/08/2018 12h53

Os reservas do São Paulo venceram o Nacional-SP por 1 a 0 em jogo-treino disputado na manhã desta segunda-feira, no CT da Barra Funda. O gol foi contra, após uma cobrança de escanteio. Rodrigo Caio saiu mais cedo após sofrer uma pancada no joelho, mas a princípio não preocupa os médicos.

Os titulares da vitória por 1 a 0 sobre o Ceará, no domingo, estão de folga e só se reapresentam na tarde de quarta-feira. Nesta terça, a folga será para todo o elenco.

O volante Liziero, mesmo tendo cumprido suspensão no jogo do fim de semana, é outro que foi liberado para retornar na quarta. Ele foi à Europa para tirar o passaporte italiano e aproveitou para visitar o amigo Malcom em Barcelona. Fernando Garcia, agente de Malcom, também cuida da carreira do jovem são-paulino.

O único titular da partida contra o Ceará a não tirar folga nesta segunda foi o atacante Everton, substituído com dores na coxa esquerda, foi fazer exame nesta manhã. O resultado ainda não saiu. De qualquer forma, ele, Jucilei e Nenê serão desfalques no domingo, contra o Fluminense, no Morumbi, por terem recebido o terceiro amarelo. Hudson, que fez tratamento para dores no joelho direito nesta segunda, pode voltar.

O jogo-treino

Diego Aguirre escalou Jean, Régis, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Araruna, Shaylon e Gonzalo Carneiro; Everton Felipe, Brenner e Tréllez. Essa formação, embora tenha criado pouco, construiu o gol da vitória no primeiro tempo em uma jogada de bola parada.

No segundo tempo, o treinador uruguaio fez diversas mudanças e observou atletas da base, como o lateral-direito Tuta e o volante Cássio (improvisado como zagueiro após a saída de Rodrigo Caio).

A equipe da etapa final foi Lucas Perri, Tuta, Arboleda, Rodrigo Caio (Cássio) e Edimar; Araruna, Shaylon (Igor Gomes) e Gonzalo Carneiro (Caíque); Everton Felipe, Lucas Fernandes e Tréllez. A equipe criou muito mais chances na etapa final, mas não conseguiu marcar outro gol. O Nacional também criou uma grande oportunidade após um erro de passe de Lucas Fernandes, mas Lucas Perri fez defesa salvadora.

Esporte