PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Diante do Galo, Lenon espera evoluir e ajudar o Vasco a voltar aos trilhos

23/08/2018 08h00

Contratado pelo Vasco antes da Copa do Mundo da Rússia, Lenon encontrou dificuldades nas primeiras semanas de clube. Em virtude de uma lesão muscular sofrida na coxa direita, passou por tratamento e estreou somente na última segunda-feira, em empate do Cruz-Maltino contra o Ceará. Nesta quinta-feira, às 20h, diante do Atlético-MG, no Independência, o lateral-direito fará a sua primeira partida como titular e espera evoluir para ajudar a equipe a voltar aos trilhos no Campeonato Brasileiro. O site do LANCE! transmite o duelo em tempo real.

Lenon foi bastante elogiado pelos torcedores na estreia. Entrou aos 35 minutos do segundo tempo, ficando pouco em campo, mas mesmo assim teve bons números. Segundo o LANCE! Footstats, o lateral-direito cruzou quatro vezes, deu uma assistência para finalização, não cometeu faltas, além de nenhum passe errado. Lenon, aos 28 anos, comentou sobre a estreia depois de uma lesão complicada, lembrando que sentiu um pouco a falta de ritmo, mas destacou a busca por uma sequência na titularidade para a recuperação da equipe no Campeonato Brasileiro.

- Entrei pouco tempo, mas fiquei feliz por ter retornado depois de uma lesão complicada. Graças a Deus pude voltar e dar o meu máximo nos minutos que permaneci em campo. Senti um pouco a falta de ritmo. Apesar de estar trabalhando bastante todos os dias, no jogo é diferente. Agora é ir evoluindo para chegar aos 100% na parte física e ter a sequência que quero ter aqui dentro do Vasco. Temos uma sequência difícil, contra Atlético-MG e Chapecoense, mas iremos em busca dos resultados. A competição pede isso e precisamos - avaliou o jogador.

Apesar de o Vasco ter dois jogos a menos no Campeonato Brasileiro - contra Santos e Atlético-PR -, o fato de a equipe estar próxima da zona de rebaixamento da competição vem preocupando os torcedores, elenco e dirigentes do Cruz-Maltino. Para Lenon, é necessário que a calma seja mantida para que o trabalho renda frutos. O lateral-direito lembrou inclusive da cobrança dos torcedores, garantindo uma melhora o quanto antes da equipe neste fim de temporada, ainda com o comando de Valdir Bigode como técnico interino.

- Precisamos manter a calma, ter tranquilidade e trabalhar ainda mais. Somar pontos é fundamental, então precisamos voltar a vencer o quanto antes. A cobrança da torcida existe, sabemos dela, e posso garantir que as coisas vão melhorar. O Valdir conhece o clube, os jogadores, a maneira que todo mundo trabalha. É um cara que mexe com autoestima dos jogadores, algo que é importante nesse momento. Venho trabalhando a parte física e ela é um dos meus pontos fortes - finalizou o lateral-direito.

Esporte