PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Independiente diz ter reclamado na Conmebol e espera vitória no tribunal

22/08/2018 22h21

O Independiente divulgou uma nota oficial na noite desta quarta-feira para afirmar que entrou com uma reclamação formal na Conmebol alegando que Carlos Sánchez entrou em campo pelo Santos de maneira irregular na partida disputada na última terça-feira, em Avellaneda, província de Buenos Aires. Em nota, a entidade organizadora da Libertadores já havia comunicado que abriu o expediente disciplinário por conta própria.

No segundo jogo da semifinal da Copa Sul-Americana de 2015, Sánchez foi expulso em partida contra o Huracán, após agredir um gandula com um tapa no rosto. Com o vermelho direto, pegou um gancho de três partidas. Em 2016, recebeu uma anistia da Conmebol de 50% da pena. De três, caiu para 1,5. No final, teria de cumprir uma partida. Desde então, atuou apenas no futebol mexicano. Seu primeiro jogo em torneio Conmebol desde o episódio foi na última terça-feira.

O Santos se apega ao Comet, programa da Conmebol na qual o jogador aparecia liberado para atuar, sem pendências ou suspensões. Na Argentina, o argumento é de que tal sistema não tem base legal e não poderá ser usado como argumento, já que o que valeria é apenas o boletim oficial da entidade.

Caso o Peixe seja responsabilizado, o clube argentino vencerá a partida de ida, que terminou empatada em 0 a 0, por 3 a 0. O jogo de volta será disputado na próxima terça-feira, às 19h30, no Estádio do Pacaembu. Mais de 20.500 ingressos já foram vendidos.

Confira a nota oficial divulgada pelo Independiente:

Com base nos fatos de conhecimento público, o Clube Atlético Independiente informa que neste dia apresentou uma nota de reclamação à Conmebol para que se resolva a escalação irregular do jogador Carlos Sánchez Arcosa pelo Santos Futebol Clube, do Brasil, durante o jogo disputado ontem à noite. Conforme o disposto pelos artigos 7, 19 e 56, solicitou que se imponham as consequências previstas no artigo 19 do regulamento disciplinar da Conmebol (resultado de 3 a 0).

Agora, resta esperar a resolução oficial da Unidade Disciplinária da Conmebol, a qual será informada oportunamente. Independiente se coloca à disposição para o que seja necessário.

Esporte