PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Da ala ao meio campo, Luan Peres destaca experiências na Bélgica

22/08/2018 20h10

Ao deixar o Fluminense para ir ao Club Brugge, da Bélgica, Luan Peres sabia que passaria por novidades em sua carreira. O futebol diferente, assim como a cidade e a cultura, além de uma língua nova, até estavam na lista. Mas jogar em posições que ele não estava acostumado chamou a atenção do zagueiro.

Após jogar alguns amistosos na sua posição de origem, como defensor, Luan foi utilizado nos últimos dois jogos do Brugge em posições inéditas para ele. Jogando como ala, bastante avançado, e depois como meia.

- Foi curioso. Como ala foi até mais normal, por eu já ter jogado na linha de trás como lateral. Agora como meia foi mais diferente. O nosso treinador até tinha me testado nessa função nos treinos, enxergou qualidade em mim, por ser brasileiro, e falou que poderia me utilizar dependendo dos jogos. Foi o que aconteceu nesse último. Apesar de não ser minha posição me saí bem e ele gostou. Isso que importa - afirmou.

O jogo em questão foi diante do Antwerp, um dos rivais na briga pelo título, e fora de casa, e empatou por 1×1. O time do defensor é o terceiro na tabela, com 10 pontos em quatro jogos.

O Brugge pode até assumir a liderança, mas para isso precisa vencer o grande clássico do país. Luan vive a expectativa de encarar pela primeira vez o Anderlecht, que lidera a competição com quatro vitórias.

- É clássico e daqueles gigantes. Mexe com todo mundo aqui. É como se fosse um Fla-Flu com certeza. É uma rivalidade muito antiga, são os dois maiores vencedores do campeonato e os dois maiores clubes da Bélgica. Ainda tem a situação da tabela que mexe com o jogo também. Espero que seja especial e que possa comemorar uma vitória no meu primeiro clássico aqui - finalizou.

Esporte