PUBLICIDADE
Topo

Esporte

São Paulo demonstra força mesmo jogando mal no Morumbi

20/08/2018 08h25

A atuação do São Paulo contra a Chapecoense passou longe de ser sua melhor na temporada. O time comandado pelo técnico Diego Aguirre ficou boa parte do confronto em seu campo de defesa e deu bastante espaços para os catarinenses chegarem ao gol. Apesar disto, o Tricolor demonstrou controle emocional e força necessária para conseguir a vitória e se isolar ainda mais na liderança do Brasileirão.

Escalado com um time misto e enfrentando uma equipe que briga contra o rebaixamento, o São Paulo encontrou imensa dificuldade para manter o bom nível técnico apresentado neste Brasileirão. Embora tenha saído na frente do marcador ainda no início do duelo, os comandados de Diego Aguirre sofreram para ter a bola nos pés e, quando a teve, não souberam o que fazer.

Prova do desempenho fraco do São Paulo são as estatísticas da partida. Ao todo, o Tricolor teve apenas 46% de posse de bola e trocou 285 passes, contra 482 da equipe visitante.

Contudo, apesar de não ter enchido os olhos dos mais de 40 mil torcedores que estiveram o Morumbi, a equipe soube aproveitar as poucas chances que criou e, mais uma vez, saiu vitoriosa de seu estádio, onde ainda não foi derrotada nesta edição do Campeonato Brasileiro.

- Acredito que já tenhamos feito jogos melhores, sobretudo no Morumbi, mas a Chapecoense dificultou muito para nós. Não conquistamos nada ainda. Faltam 19 rodadas e precisamos pensar em se manter lá em cima para chegar no fim com possibilidades de ser campeão. O São Paulo é muito forte - afirmou o volante Hudson ao fim da partida.

Embora seja importante ressaltar que Aguirre escalou uma equipe mista, isto não isenta o São Paulo de uma de suas piores apresentações no Morumbi neste Brasileirão. Mesmo assim, o time demonstrou força: soube se defender da pressão da Chapecoense e fez os gols quando lhe apareceram as oportunidades. Para um time que se candidata ao título ao fim da temporada, nada vale tanto quanto os três pontos, mesmo jogando mal.

Esporte