PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Zé Ricardo explica dura derrota: 'Jogamos mal um tempo inteiro'

19/08/2018 19h02

Dois jogos no Nilton Santos e dois resultados bem distintos. Depois de vitória e classificação na Sul-Americana com casa cheia, o Botafogo saiu derrotado para o Atlético-MG neste domingo, três depois de superar o Nacional-PAR, por 3 a 0, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Na entrevista coletiva, Zé Ricardo admitiu que o resultado foi "duro" e que não há que dá desculpas para dar ao torcedor, sobretudo após um tempo inteiro (o segundo) com baixo rendimento, conforme salientado pelo próprio treinador.

- O placar foi duro, ainda mais depois do que fizemos no primeiro tempo. Tivemos um equilíbrio das ações, mas o segundo tempo foi muito abaixo. O Atlético-MG tem um poder de definição muito grande e poderiam até ter feito mais, se tivessem aproveitado. Pedimos calma ao torcedores, pois precisaremos começar bem o returno - disse Zé, completando:

- Não temos que dar desculpas. Jogamos mal um tempo inteiro e fomos punidos. Quando a gente fala do desempenho tático temos que levar em conta alguns aspectos. O desgaste é um deles. Termos saído atrás também nos traz um esforço muito grande - completou.

LUIS RICARDO EM PAUTA

Logo depois do segundo gol do Botafogo, originado pelo lado direito da defesa do Botafogo, sobrou para o contestado Luis Ricardo. O estádio, uníssono, passou a vaiá-lo e a xingá-lo com veemência. Sem entrar em polêmicas, Zé também respondeu a respeito do lateral, opção com a suspensão de Marcinho.

- Não tem crucificação nenhuma quanto os atletas, não é dessa maneira que enxergo o futebol, um esporte coletivo. A visão sempre é coletiva e não individual - frisou o comandante.

O Botafogo, agora, se prepara para enfrentar o Palmeiras, nesta quarta-feira, no Allianz Parque, em duelo pela primeira rodada do returno do Brasileirão.

Esporte