PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Contra o Furacão, Flamengo busca vitória para fazer o 'melhor turno'

19/08/2018 06h40

Além da briga pela liderança, o Flamengo vai encarar o Atlético-PR, neste domingo, buscando quebrar um recorde próprio e fazer o melhor turno no Campeonato Brasileiro desde 2006, quando a competição passou a ser disputada por 20 clubes. O confronto, que acontece na Arena da Baixada, às 11h, terá transmissão em Tempo Real pelo site do LANCE!

Até hoje, o máximo de pontos que o Flamengo somou em uma só metade do torneio foi em 2009, quando fez 38 pontos no segundo turno. No referido ano, o time rubro-negro terminou o primeiro turno na sétima colocação, com 29 pontos, e conquistou o título após uma arrancada na segunda etapa da competição.

Na atual edição, a equipe de Maurício Barbieri tem 37 pontos, com 11 vitórias, cinco empates e duas derrotas, e, caso vença o Furacão, chega a 40 pontos.

A missão, porém, não será das mais fáceis. O Flamengo nunca bateu o Atlético-PR na casa do adversário, em jogos válidos pelo Campeonato Brasileiro. Em Curitiba, a última vitória foi há 44 anos, quando bateu o Furacão por 2 a 1 no que hoje é o Couto Pereira.

O meia Lucas Paquetá, porém, ressaltou que números não entram em campo e a equipe da Gávea vai em busca de mais três pontos.

- Não me importo com os tabus. Vamos lá focando no resultado positivo. Vamos competir, buscar a vitória. Descansamos, é um novo jogo. Queremos a liderança e vamos entrar com força para busca-la. Estar em primeiro é sempre bom - afirmou o camisa 11, que foi convocado por Tite para os amistosos da Seleção Brasileira.

Diante deste cenário, deixar marcas para trás parece ser a tarefa do time rubro-negro nesta manhã. E um triunfo pode dar tranquilidade em momento tão decisivo da temporada.

Veja pontuação turno a turno desde 2006

2006

1º - 23

2° - 29

Total - 52 (11ª colocação)

2007

1° - 27

2° - 34

Total - 61 (4ª colocação)

2008

1° - 31

2° - 33

Total - 64 (5ª colocação)

2009

1° - 29

2° - 38

Total - 67 (1ª colocação)

2010

1° - 22

2° - 22

Total - 44 (14ª colocação)

2011

1° - 36

2° - 25

Total - 61 (4ª colocação)

2012

1° - 29

2° - 21

Total - 50 (11ª colocação)

2013

1° - 18

2° - 27

Total - 45 (16ª colocação)

2014

1° - 25

2º - 27

Total - 52 (10ª colocação)

2015

1° - 23

2° - 27

Total - 49 (12ª colocação)

2016

1° - 34

2° - 37

Total - 71 (3ª colocação)

2017

1º - 29

2° - 27

Total - 56 (6ª colocação)

Esporte