PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Higuaín é apresentado: "Quero trazer o Milan de volta á glória do passado"

Caldara e Higuaín são apresentados no Milan - Reprodução/Twitter
Caldara e Higuaín são apresentados no Milan Imagem: Reprodução/Twitter

03/08/2018 12h28

O Milan dá grandes passos para tentar se restabelecer no cenário futebolístico da Europa. A contratação do atacante argentino Gonzalo Higuaín foi um desses passos. Apresentado nesta sexta-feira, o jogador se disse motivado com o novo desafio, falou que o modo diferente de enxergar o jogo em relação ao ex-técnico Massimiliano Allegri não influenciou sua saída e disse não ter arrependimentos de não jogar com Cristiano Ronaldo. Higuaín também falou sobre o interesse do Chelsea e exaltou a história gloriosa da equipe rubro-negra de Milão.

"Estou muito motivado com o projeto que me foi apresentado. Este é um grande desafio. Quero retribuir a confiança e trazer o Milan de volta as glórias do passado. Você entende a dimensão do clube quando se está por dentro: a cidade esportiva, as pessoas do clube, a história... O Milan te dá arrepios. Estou muito feliz de estar aqui, este é um clube fortemente caracterizado por aquilo que já conquistou, agora temos que chegar o mais longe possível", disse Higuaín

Sobre a Juventus, ex-clube do argentino, o jogador foi enfático. Disse não ter arrependimentos de deixar o clube e de não poder jogar com Cristiano Ronaldo. Também fez questão de deixar claro que a sua saída da Vecchia Signora não teve a ver com as possíveis divergências com o treinador Massimiliano Allegri.

"Ele foi meu treinador por dois anos. Tivemos visões diferentes, mas não foi isso que me levou a vir para o Milan. Eu vim para Milão pela motivação e confiança demonstradas pelo clube. Ganhei títulos lá e tive um ótimo relacionamento com a equipe e os torcedores. Não me arrependo de não jogar com Cristiano Ronaldo", comentou o jogador

Outro clube interessado na contratação de Gonzalo Higuaín foi o Chelsea. Com a chegada do treinador italiano Maurizio Sarri, as especulações em torno de Higuaín se intensificaram, tendo em vista que Sarri foi treinador do argentino no Napoli. O atacante confirmou o interesse do clube londrino, mas explicou porque escolheu o Milan.

"Meu apreço por Sarri é grande, mas ele era o único que me queria no Chelsea. No Milan todos me queriam e isso é a melhor coisa para o jogador", revelou Higuaín.

O atacante ainda ressaltou a importância que o atual diretor esportivo do clube italiano, o brasileiro Leonardo, teve em sua contratação. Além de destacar Leonardo, Higuáin também comentou sobre o treinador da equipe, o ex-jogador Gennaro Gattuso.

"Eu já conhecia Leonardo e ele foi decisivo na minha chegada. Eu vi a confiança em seus olhos e para mim siso foi uma forte motivação para vir para o Milan. Foi também importante falar com Gattuso, há muita confiança nesse time e gostei de como a equipe jogou no ano passado", falou o argentino

Por fim, ainda deu tempo de uma resposta descontraída. Milan e Inter é conhecido como um dos maiores clássicos da Itália e da Europa. Os dois times de Milão tem uma rivalidade histórica. Um dos principais jogadores do rival também é um atacante argentino: trata-se de Mauro Icardi, artilheiro da equipe. Sobre quem vai se sair vencedor nesse duelo a parte entre as duas equipes, Higuaín foi direto.

"Quem vencerá o duelo entre eu e Icardi? Bem a resposta é óbvia", finalizou o jogador

Esporte