PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Túlio Maravilha vive expectativa de estreia e planeja 'gol de superação'

28/07/2018 19h58

Aposentadoria? Que nada! Aos 49 anos, o atacante Túlio Maravilha quer ampliar a conta dos 1.000 gols na carreira. Contratado pelo Atlético Carioca, clube que disputa a Quarta Divisão do Rio, o jogador teve menos de uma semana de treino com o restante do elenco, mas vive a grande expectativa para reestrear no futebol, após quatro anos longe de equipes profissionais. Seu primeiro compromisso será neste domingo, às 15h, quando encara o Brasileirinho, no Alzirão.

Com a frase "Domingo, se Deus quiser, será o gol 1.001, o gol de superação", o ídolo carioca iniciou a conversa com o LANCE! e contou o que espera de seu retorno aos gramados. Motivado por desafios, o goiano, que havia anunciado o fim da carreira após balançar as redes pela milésima vez - com a camisa do Araxá-MG, em 2014 -, quer ajudar o modesto time de São Gonçalo a ganhar visibilidade no mercado e realizar o sonho de disputar a Série C do Campeonato Carioca.

- Duas coisas me motivaram a voltar a jogar: a primeira é que sou movido a desafios. Graças a Deus, estou com saúde e muito vigor aos 49 anos para quebrar preconceitos de idade. A segunda é que o presidente Maicon, um botafoguense apaixonado, insistiu muito no projeto e me convenceu a aceitar o desafio de ajudar o time a ganhar destaque na mídia e no futebol carioca. Quero ajudar o Atlético Carioca a realizar o sonho de subir para a Série C no ano que vem.

A distância dos gramados no período de curta aposentadoria não afetou a disposição de Túlio Maravilha, que manteve o fluxo de atividades físicas e realizou trabalhos pré-temporada separado do elenco gonçalense. Apesar de ter treinado pouco com os novos companheiros, o experiente atacante garante que está fisicamente bem.

- Foram apenas quatro dias de treinos e amanhã já é o jogo. É pouco tempo, mas deu para conhecer a característica marcante de cada um dos atletas. Eles também conhecem a minha história e a forma que jogo futebol. Então, será o grande teste para sabermos se já estamos entrosados - disse Túlio, que também falou sobre seu desenvolvimento físico - Ainda é cedo para recuperar o ritmo de jogo. Preciso de mais uma semana pela frente, mas como o tempo é curto e eu já fazia treino funcional em Goiânia, estou indo bem na preparação. Acredito que vamos pegar o ritmo com o tempo, trabalho nos treinos e jogos que serão disputados adiante.

Mesmo confiante com sua participação na Quarta Divisão do Campeonato Carioca, o eterno ídolo alvinegro Túlio Maravilha explicou como é o seu plano de carreira estabelecido pelo Atlético.

- Meu contrato com o clube é para disputar três jogos, que serão em casa. Após esses compromissos, se o Atlético Carioca passar de fase e os dirigentes notarem a necessidade de eu continuar nas outras partidas, aí vamos conversar para prolongar o contrato. Em princípio, vou esperar terminar esse desafio para pensar em como vai ser o futuro, porque a gente sabe que futebol abre portas. Então pode ser que surjam outros convites e oportunidades - disse o agora camisa 95.

Antes de chegar ao Atlético Carioca, o 32ª clube da carreira, Túlio Maravilha teve passagem de grande destaque pelo Botafogo, pelo qual foi campeão brasileiro em 1995. Além do clube de General Severiano, o atacante também vestiu camisas importantes, como Corinthians, Fluminense, Cruzeiro, Juventude, Goiás, Atlético-GO, Vila Nova, Sion (SUI), Újpest (HUN), Jorge Wilstermann (BOL) e Al-Shabab (KSA).

*Sob a supervisão do editor Fábio Storino

Esporte