PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Brasil de Pelotas busca novo "alívio de pressão" contra o Guarani em Campinas

27/07/2018 15h02

Em meio a um desempenho marcado por altos e baixos na Série B, o Brasil de Pelotas viaja a cidade de Campinas com a clara possibilidade de conseguir, depois de cinco rodadas, se livrar da tão temida zona de rebaixamento. Para isso, basta com que o time gaúcho passe pela equipe campineira.

Entretanto, isso não deve ser uma tarefa fácil não apenas pelo desejo dos anfitriões em se recuperar das duas derrotas consecutivas (Figueirense e Paysandu), mas também pelo histórico que o clube sulista acumula jogando no Brinco de Ouro. Em quatro jogos oficiais até hoje na história foram duas vitórias paulistas e dois empates.

O goleiro Marcelo Pitol e o lateral-direito Éder Sciola, figuras de grande experiência e qualidade do elenco do Brasil de Pelotas, podem retornar a equipe por terem cumprido suspensão automática de cartões amarelos. Além disso, a tendência pelas atividades da semana é que o sistema de criação seja mudado com Maicon Assis entrando no lugar de Valdemir.

Para o time do Guarani, a expectativa também é de ver um time com pelo menos três alterações, porém com a diferença de que duas delas tem característica técnica e uma é proveniente de suspensão. Edson Silva e Denner são opções do treinador Umberto Louzer para as entradas de Philipe Maia e Rondinelly além de Marcão entrar na vaga de Bruno Mendes, que tomou o terceiro amarelo contra o Paysandu em Belém.

Esporte