PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Kleina vê jogo 'equilibrado' e acredita em reação da Chape para vencer fora

26/07/2018 22h23

A derrota para o Botafogo, nesta quinta-feira, teve uma dor dobrada: a primeira pelo resultado e a segunda pela Chapecoense entrar na zona de rebaixamento, do Campeonato Brasileiro. O técnico Gilson Kleina lamentou o revés, porém observou que o jogo foi equilibrado e por fatalidade o gol saiu.

- Foi um jogo equilibrado, o Botafogo soube aproveitar a chance que teve, um lance de fatalidade, mas propiciamos o erro. Os passes que erramos por dentro permitiram a criação. Apertamos no final, a bola estava até passando, tivemos números equilibrados, mas no último passe, no último terço, não tivemos a efetividade de uma finalização melhor - disse o treinador.

A Chapecoense segue sem vencer na casa dos adversários neste Brasileirão. Nesta quinta-feira, seria a oportunidade, mas acabou desperdiçando. Kleina acredita na evolução da equipe e o feito vai ser concretizado.

- Estamos buscando a vitória fora, estávamos confiantes. Mas tenho certeza que nossa equipe vai crescer na competição, o time mudou. Vamos encaixar atletas ausentes, outros que estão chegando. Está faltando realmente essa consciência de fazer grandes jogos fora, o que aconteceu no ano passado - explicou.

Para concluir, o comandante comentou sobre a chegada dos novos reforços. Segundo Kleina, a qualificação melhorará e quer contar o mais rápido possível com os novos jogadores.

- São jogadores que certamente vão qualificar nosso grupo. Vão passar pelo trâmite burocrático, espero contar com eles o mais rápido possível. Esperamos também recuperar o Vinícius, o Wellington volta, o Osman correu muito, temos também o Yann, que esperamos regularizar. Vamos passar confiança a esse grupo e contamos com o nosso torcedor - concluiu.

A Chapecoense retorna a campo no domingo, 19h, pela 16ª rodada. Pela frente, o Grêmio, na Arena Condá. Wellington Paulista, que cumpriu suspensão diante do Botafogo, volta a ficar à disposição.

Esporte