PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Hudson: 'Árbitro do Rio contra nós com Flamengo líder é complicado'

26/07/2018 22h42

Hudson deixou o gramado da Arena do Grêmio ressaltando a dificuldade de se jogar contra o time gaúcho como visitante. Mas o volante também se irritou bastante com a atuação do árbitro Grazianni Maciel Rocha, da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, que aplicou cinco cartões amarelos a jogadores do São Paulo, que poderia tirar o Flamengo da liderança do Campeonato Brasileiro se vencesse nesta quinta-feira.

- É muito difícil falar de arbitragem. Às vezes, pega uma suspensão aqui por alguma coisa que falamos. Mas árbitro do Rio contra nós, sabendo que o Flamengo está na frente, é difícil pra caramba - comentou o volante, primeiro a levar cartão no jogo, aos 22 minutos do primeiro tempo.

- Achei meu cartão injusto, minou a gente. Estávamos com os caras pendurados já. Imagina estar pendurado e ainda toma o vermelho. Você continua pendurado e com vermelho ainda. Foi difícil. Mas não vamos jogar a carga no juiz, não - ponderou.

O árbitro apresentou também quatro amarelos ao Grêmio. Mas os cartões ao São Paulo custaram caro: Arboleda, Militão e Hudson estavam pendurados e, com isso, cumprirão suspensão automática diante do Cruzeiro, no domingo, em Belo Horizonte. Mas o discurso já é de corrigir os erros que acarretaram na virada sofrida em Porto Alegre.

- Cometemos erros que não cometíamos. Sabíamos que tínhamos de ser cirúrgicos, fazer gol nas oportunidades que tivéssemos, mas não fizemos. Mas méritos para a equipe do Grêmio, que tem bons jogadores - comentou Hudson, tentando minimizar o resultado, na casa do atual quarto colocado do Brasileiro.

- Jogo difícil. Poucas equipes conseguirão vir aqui e arrancar um empate ou uma vitória. Sabemos que o Grêmio é uma das melhores equipes do país. Brigamos, estivemos perto de abrir 2 a 0. Se tivéssemos feito 2 a 0, talvez tivéssemos conseguido um resultado melhor. Mas a equipe brigou, e não podemos desmerecer o Grêmio. Fizeram um bom jogo e mereceram a vitória.

Esporte