PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Goleiro reserva pega três pênaltis e garante vitória do Atlético de Madrid

26/07/2018 11h52

O Atlético de Madrid, de Diego Simeone, enfrentou o Arsenal, de Unai Emery, nesta quinta-feira, em Singapura, pela Champions Cup. Esse foi o primeiro jogo oficial do treinador após a saída de Arsene Wenger, depois de 22 anos no clube londrino. O empate em 1 a 1, no tempo regulamentar, com gols de Vietto e Smith-Rowe (Arsenal), a emoção ficou para as penalidades. Adán substituiu Oblak na meta espanhola no segundo tempo e foi o destaque da partida. O goleiro defendeu três penalidades, convertou uma e garantiu a vitória.

Com reservas, Vietto dá conta do recado

O Atlético de Madrid entrou com um time alternativo, ainda sem Griezmann (de férias por conta da Copa). Simeone, porém, fez nove alterações no decorrer da partida. Sem sua dupla de ataque titular, composta por Griezmann e Diego Costa, o Atleti entrou com Vietto e Gameiro no comando ofensivo. Ángel Correa, em boa exibição, foi um dos titulares. O argentino fez grande jogada, driblando o marcador na lateral do campo e cruzou para Vietto, de cabeça, abrir o placar.

Golaço de jovem revelação inglesa

O clube londrino, por sua vez, entrou com diversos titulares. Entre eles, Lacazette e Aubameyang, no comando de atque. Na parte defendia, Bellerín e Mustafi também, além da estreia do goleiro alemão Bernd Leno. O destaque, porém, ficou com o jovem jogador Emile Smith-Rowe, de apenas 17 anos. Logo na sua estreia, Unai Emery continua fiel ao seu princípio de utilizar jovens jogadores. Com passagns pela base da seleção inglesa. Smth-Rowe surpreendeu com um golaço. O meia recebeu na entrada da área, driblou três marcadores e bateu colocado, no ângulo, para empatar o jogo.

Brilha o goleiro reserva

O empate persistiu, enquanto os treinadores efetuavam mudanças. Simeone fez a substituição que foi definitiva no placar final. Oblak vinha como um dos destaques da partida, com grandes defesas. O treinador optou pela entrada de Adán, veterano goleiro de 31 anos no lugar do esloveno. O jogo terminou empatado e foi para os pênaltis. O goleiro reserva defendeu três cobranças: Mkhitaryan, Willock e Nketiah. Maitland-Niles foi o único que marcou para o Arsenal. Correa e Borja Garcés perderam para o Atlético de Madrid, mas Rodri e Mollejo. Ficou para o goleiro Adán a definição do jogo. Depois de pegar três pênaltis, o reserva bateu bem, forte e no alto, e sacramentou a vitória.

Confira os gols e a disputa de pênaltis abaixo:

Esporte