PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Andrés explica saídas, reforça ideia e diz que Timão brigará por títulos

26/07/2018 19h54

Andrés Sanchez já disse diversas vezes que "não quer jogador insatisfeito no Corinthians". Após sofrer críticas pelas saídas nesta janela de transferências, o presidente alvinegro reforçou sua filosofia e mostrou otimismo. Segundo Andrés, apesar das mudanças, o Timão brigará por títulos.

- Queria falar diretamente para o torcedor que está meio revoltado, cada um com suas razões. Do time bicampeão paulista, perdemos quatro jogadores e vendemos dois, o Rodriguinho e o Maycon, que já tinha negociação desde o ano passado. No Corinthians vai ficar jogador que queira ficar no Corinthians. Está provado nos últimos anos que nós perdemos atletas e comissões técnicas e continuamos montando times competitivos. Esse ano não será diferente. Perdemos a comissão técnica e estamos remontando tudo novamente. O Corinthians tem suas dificuldades, mas o time de futebol é a prioridade. Será assim sempre. Vamos continuar com time competitivo. Não vamos fazer loucura no futebol, não admito pagar R$ 600 mil para treinador, R$ 600 mil ou R$ 1 milhão para jogador. Não queremos vender ninguém, não estamos precisando, mas se o jogador quiser ir, não vamos ter um jogador descontente. Vocês sabem que um jogador descontente acaba com o grupo. Vocês sabem o que acontecem. Quem quiser ir embora vai amanhã na minha porta e fala. Aqui só vamos ter jogadores que queiram ficar. Eu entendo assim. O Balbuena todo mundo já sabe, ele colocou a multa baixa e aceitamos para não perder nada. Com o dólar a 4, é mais difícil de segurar ainda - discursou Andrés.

Ao ser questionado sobre a venda de Rodriguinho em relação a Militão, do São Paulo para o Porto (POR), Andrés ironizou. O jogador tricolor foi vendido por 4 milhões de euros (cerca de R$ 17 milhões), enquanto o meia foi para o Pyramids por 4 milhões de dólares (cerca de R$ 15 milhões).

- O Rodriguinho tem cinco anos de Corinthians, três anos emprestado e jogando um ano e meio. Foi duas vezes campeão brasileiro, duas vezes campeão paulista. Tiramos o máximo da parte técnica dele. Quantos títulos ganhou o Militão? Não sei. O Google vai falar. Não tem só a parte financeira, tem a parte técnica.

Andrés ainda comentou sobre possíveis reforços. O Corinthians repos as saídas de Sidcley e Maycon com Danilo Avelar e Douglas, mas não contratou zagueiro para o lugar de Balbuena nem um meia para a vaga de Rodriguinho.

- Do lugar do Balbuena, estamos satisfeitos com zagueiros. Do Rodriguinho, não estamos desesperados, mas estamos buscando jogadores jovens no mercado para crescer aqui no Corinthians - disse Andrés.

Esporte