PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Torcedores invadem, depredam sede do Botafogo e interrompem reunião

25/07/2018 20h25

O que parecia ser um protesto pacífico mudou, na noite desta quarta-feira. A maioria dos presentes do protesto "Ocupa General" invadiu a sede de General Severiano e interrompeu a reunião do conselho deliberativo do Botafogo. Entre as pautas estava a de aprovação ou não de antecipação de receitas.

O protesto já vinha sendo conduzido com discurso de diferentes torcedores, organizados ou não, sócios ou não e participantes da política dos clube. Na maioria, a reivindicação principal era por mais transparência da diretoria, além de um programa de sócio-torcedor mais simples.

O protesto chegou a ser marcado por cinco bombas na frente da sede. Ovos e pedras também foram atirados no local, até que grande parte dos manifestantes invadiram o salão nobre, no qual haviam cerca de dez seguranças do Botafogo. Internamente, cadeiras e portas foram quebradas.

No momento da invasão, alguns dos dirigentes, como o presidente Nelson Muffarej, foram retirados. Um dos últimos a sair e quem comandava a mesa, Jorge Aurélio Domingues, presidente do conselho deliberativo do clube, precisou de auxílio para ser retirado do local.

Neste momento, ao que indica, a reunião do conselho está interrompida. Mais informações em instantes.

Esporte