PUBLICIDADE
Topo

Esporte

L! Espresso: Neymar cobra alto por um post em rede social

25/07/2018 08h46

Neymar contundiu-se na hora errada. Ficou fora da finais do campeonato francês, desfalcou o PSG no jogo decisivo da Champions, que custou a eliminação dos parisienses pelo Real Madrid. Recuperado, fez uma Copa sofrível em que apenas em uma partida, contra o México, esteve próximo de mostrar o que sabe. Tudo isso já seria motivo suficiente para ficar de fora da lista de 10 candidatos a melhor do mundo da Fifa. Mas há outras razões: polêmicas extra-campo, críticas constantes e pesadas de jogadores e ex-jogadores, a fama de simulador que se espalhou pelo planeta, certamente contribuíram para a exclusão de seu nome, Como diziam nossos avós, não adianta chorar o leite derramado. O camisa 10 do PSG precisa agora é se fechar para balanço. Mais esse revés - depois de ter ficado fora também da seleção da Copa - é um sinal inequívoco de que precisa mudar. Dedicar-se ao jogo, mais do que às redes sociais (veja abaixo o quanto ele cobra para postar). É fundamental reconstruir sua imagem junto aos colegas e à torcida do seu clube, mostrar-se diferente aos olhos do mundo. É uma chance de refletir. E de recomeçar. Ou de ficar onde está, desperdiçando talento e oportunidades.

Cristiano Ronaldo cobra R$ 2,8 milhões de patrocinadores por um único post no Instagram. CR7 tem 133 milhões de seguidores. Na lista das 10 personalidades que mais faturam na rede social, liderada pela influencer Kylie Jenner, com R$ 3,7 milhões por post, aparecem ainda Neymar com R$ 2,2 milhões e Messi, com R$ 1,8 milhões por cada post publicado.

Esporte