PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Artilheiro da Série B, Júnior Brandão dedica gols ao técnico Beto Campos

25/07/2018 14h39

Contratado para ajudar o Atlético-GO na disputa do Campeonato Brasileiro da Série B, o atacante Júnior Brandão começou com tudo com a camisa do Dragão. Em 14 partidas na competição, o camisa 9 anotou oito gols e assumiu, ao lado de Lucão, do Goiás, a artilharia do torneio.

Quando chegou, após bom estadual pelo Iporá, Júnior não imaginou que se destacaria tão rápido em uma competição nacional.

- Atacante vive de gols, mas não pensei que meu começo seria assim tão bom. Cheguei com o objetivo de somar e ajudar o Atlético a brigar pelo acesso e as coisas têm acontecido de forma natural. Estou muito feliz pelo momento, mas principalmente animado com a nossa campanha no Campeonato Brasileiro - disse Brandão, autor dos dois gols do time no empate por 2 a 2 diante do CSA na última segunda-feira.

O Atlético-GO, além de contar com o artilheiro da Série B, ainda é dono do melhor ataque da competição, com 28 gols.

Na segunda-feira, data do jogo diante do CSA, quando Júnior marcou dois gols, o futebol acordou com a triste notícia da morte do técnico Beto Campos, famoso por levar o Novo Hamburgo ao título gaúcho em 2017. E foi o treinador quem permitiu que Junior estreasse como profissional.

- Tenho que agradecer muito ao Beto Campos por tudo que ele fez por mim em 2015. Ele me deu a oportunidade de trabalhar na Série B do Campeonato Catarinense pelo Juventus e ali começou de fato a minha carreira. Pude jogar e fui artilheiro no torneio. Tenho que agradecer muito pelo que ele fez por mim. Ele era um cara do bem, uma pessoa sensacional. O Beto me ajudou bastante no futebol e fiquei muito triste quando soube dessa notícia. Me abalou um pouco, claro, mas à noite eu tinha uma batalha pelo Atlético, e como ele ensinou, precisava manter o foco. Dedico esses dois gols ao Beto Campos - completou o atacante.

Em 2015, Beto Campos, então treinador do Juventus-SC, subiu o jovem atacante Junior Brandão para o time principal para a disputa da segunda divisão catarinense, torneio que teria Brandão como artilheiro. Eles ainda trabalharam juntos em 2017 no histórico título gaúcho do Novo Hamburgo.

Esporte