PUBLICIDADE
Topo

Esporte

'Culpado' por saída de Jair, Gabigol quer mudança de postura do Santos

24/07/2018 17h27

Junto com os demais companheiros de Santos, Gabriel se sente diretamente responsável pela demissão do técnico Jair Ventura. O camisa 10 se mostrou chateado com o desempenho coletivo do time na temporada e pediu uma mudança de postura da equipe a partir desta quarta-feira, em jogo contra o Flamengo, na Vila Belmiro.

- Claro que se vencermos o Flamengo, será bom. Não esperávamos a demissão, mas cabe à diretoria decidir isso. O Serginho sabe que pode contar conosco. Temos de mudar nossa postura, estamos em um momento difícil, fazemos parte da demissão do Jair, porque jogamos e não conseguimos os resultados. Amanhã teremos uma nova oportunidade para conquistar a vitória - ponderou o jogador, em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, no CT Rei Pelé.

Um dos trunfos para a reação do Santos no Campeonato Brasileiro - atualmente a equipe é a 15ª colocada - é justamente a troca no comando técnico. Serginho Chulapa será o treinador interino, enquanto a diretoria busca outro nome para substituir Jair Ventura. Por isso, é momento de mostrar serviço para ganhar a confiança.

- Obviamente que é muito difícil para nós (troca de técnico), principalmente no Brasileiro que estamos embaixo. Os dias são difíceis pelo carinho que temos com o Jair, ele deixou uma imagem muito boa, de um ser humano bom. Ele terá muito sucesso na carreira, vamos torcer por ele. Hoje, nós temos o Serginho, que é um ídolo nosso. O próximo treinador que vir será bem-vindo - disse, e completou:

- Serginho eu conheci quando era criança. É um cara excepcional. Ele tem o nosso apoio. É muito bom ter um cara assim como a gente, um ídolo e um cara da cidade, que conhece o dia a dia e a Vila Belmiro. Vamos respeitar o Flamengo, porque são os líderes, mas a postura é de vencer o jogo.

Com um jogo a menos, o Santos tem exatamente a metade dos pontos do Flamengo (15 contra 30), e precisa da vitória para deixar a 15ª colocação da tabela e começar a almejar posições melhores no torneio por pontos corridos.

Esporte