PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Emocionado, Rodriguinho se despede do Corinthians e diz que quer voltar

22/07/2018 00h49

Rodriguinho saiu bastante emocionado após seu último jogo pelo Corinthians antes de se transferir para o Pyramids, do Egito. Depois da derrota por 3 a 1 para o São Paulo, no Morumbi, o meia se despediu do Timão e já falou em voltar.

- Estou até falando meio pausado para tentar segurar a emoção, e também queria fazer um jogo em Itaquera, perto da torcida, poder agradecer a todos. Segunda-feira vou estar no clube para dar um abraço em todo mundo. Vou ficar na torcida sempre, e espero que o Corinthians possa alcançar os objetivos que foram traçados esse ano. Ainda tem muitos campeonatos pela frente - disse Rodriguinho, com a voz embargada.

- Não é um adeus, espero que seja um até logo. Que um dia eu possa voltar e representar de novo - declarou o jogador, que assinou por três anos com o Pyramids.

Rodriguinho também comentou a sensação de ter jogado o clássico pouco tempo depois de ter aceitado a proposta. Ele ainda admitiu que a parte financeira foi fundamentar para a transferência ter sido concluída.

- Tentei aproveitar ao máximo todos os últimos momentos. Não últimos momentos, porque pretendo voltar ainda. Foi diferente. Na verdade acertamos antes do jogo, eu estava muito preparado para jogar, focado, por ter uma história dentro do clube. Mas foi uma sensação diferente das quais estou acostumado Infelizmente não foi da forma como eu queria, mas não apaga toda a história - afirmou.

- Assim como a China há um tempo atrás não tinha essa representação no futebol e investiram bastante, o Egito é um mercado que está se abrindo, novo, tanto que alguns brasileiros já estão lá. É um novo desafio que eu vou enfrentar. Realmente, a parte financeira pesa bastante, é a minha independência e da minha família. Financeiramente foi muito bom, espero poder encarar bem esse novo desafio

O Corinthians ficará com R$ 15 milhões da venda de Rodriguinho - o valor total da negociação é de R$ 22,8 milhões. Rodriguinho deixa o Timão com 175 jogos, 35 gols e quatro títulos: Paulistas (2017 e 2018) e Brasileiros (2015 e 2017).

Esporte