PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Após três decepções seguidas, Verdão enfrenta seu maior jejum na Série A

22/07/2018 08h00

O Palmeiras volta ao Allianz Parque neste domingo depois de desperdiçar mais uma vantagem no placar, a última contra o Santos. São três empates seguidos no Brasileiro em que o time sai na frente, mas não segura o resultado - o mesmo ocorreu contra Ceará e Flamengo, antes da Copa do Mundo. A partir das 16h, o Verdão tenta quebrar essa sequência e o jejum diante do Atlético-MG.

O Galo é o time de Série A que o Palmeiras não vence há mais tempo. O último triunfo aconteceu no dia 30 de julho de 2011, ainda sob o comando de Luiz Felipe Scolari. Desde então, foram 13 jogos disputados entre os times, com quatro empates e nove vitórias do clube mineiro.

Ceará e Paraná, por exemplo, foram derrotados pelo Verdão pela última vez em 2013, mas desde então o Palmeiras só encontrou o Vozão no Brasileiro de 2018; contra o Paraná, ainda não houve outro embate - o próximo será agora no dia 29 de julho, no Allianz Parque.

Todos os outros adversários da primeira divisão foram batidos pelo Palmeiras em algum momento de 2015 para cá, levando em consideração qualquer torneio disputado entre eles (veja o resultado contra todos os rivais na galeria).

O duelo desta tarde colocará em disputa dois times que tentam não deixar a liderança fugir demais, especialmente o Verdão, mais atrás na tabela e que poderia estar na cola do Fla se não "desperdiçasse" seis pontos nos últimos três jogos.

Marcos Rocha, emprestado pelo Atlético-MG ao Palmeiras, poderá jogar, graças a um acordo feito entre as diretorias - o Verdão, em contrapartida, liberou a utilização de Juninho, cedido ao Galo. Ambos devem ser titulares.

A ausência mais sentida, pelos mineiros, é a de Róger Guedes. Ainda artilheiro do Brasileiro com nove gols, o atacante deixou o Atlético depois de o Palmeiras chegar a um acordo com o Shandong Luneng (CHN).

Esporte