PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Saiba como foi primeira coletiva de Vinícius Júnior no Real Madrid

20/07/2018 10h19

Logo após ter sido apresentado oficialmente no Real Madrid, Vinicius Júnior participou de sua primeira entrevista coletiva com a camisa do clube espanhol. Ao lado de Ronaldo (o ex-jogador foi uma espécie de mestre de cerimônias), o ex-atacante do Flamengo falou sobre os seus objetivos e desafios, sobre os novos companheiros e o técnico Lopetegui, relembrou o Flamengo e falou sobre Neymar e Cristiano Ronaldo. Humilde e aparentemente tranquilo, Vinicius Júnior ainda confirmou que não deve ser emprestado nessa temporada.

- Fico aqui no Real Madrid. Fico na primeira equipe e eles vão decidindo, se eu vou ficar fora de alguns jogos ou se vou para o Real Madrid B para me adaptar o mais rápido possível - revelou o jogador

O jogador foi direto ao ponto quando questionado quais são os seus objetivos no clube espanhol. Vinicius falou em diversos momentos sobre a vontade de ganhar títulos, refletindo a cultura do clube em suas palavras. Nos últimos cinco anos, o Real Madrid conquistou quatro Champions. O troféu também é motivo de cobiça do brasileiro

- Meu objetivo aqui é sempre ganhar mais. Sou obcecado em vencer e quero estar sempre no topo, por isso escolhi o Real Madrid. Vim para cá para conquistar mais títulos e quero ganhar uma Champions - projetou o atacante

Jogar no Real Madrid dá oportunidade a qualquer jogador de conviver e trabalhar com grandes jogadores. Vinícius já treinou com Bale e Benzema, mas ainda fica na espera do restante dos jogadores que disputaram a Copa do Mundo e, por isso, ainda estão de férias, como é o caso dos compatriotas Marcelo e Casemiro. Questionado se teria algum jogador favorito, Vinícius Júnior se demonstrou feliz de poder conviver com tanto craque.

- Todos os jogadores são os meus favoritos. São jogadores que eu só via no videogame e na tv, agora posso estar do lado deles. É algo inexplicável. Eu tenho que trabalhar para poder chegar no nível do Benzema, do Bale - disse Vinícius

Com o mercado de transferências pulsando na Europa, o nome de Neymar foi ventilado como uma possível contratação do Real Madrid, apesar de nada de concreto tenha sido dito de forma oficial. O craque da Seleção Brasileira também foi pauta da coletiva. Questionado se gostaria de jogar ao lado de Neymar e o que ele teria em comum com o jogador, Vinícius Júnior foi esperto na resposta, para não intensificar ainda mais os rumores em torno do jogador do PSG.

- Neymar é meu ídolo, não só meu mas como de muitos brasileiros. Meu estilo de jogo é parecido com o do Neymar, não acompanhei muito o Ronaldo, mas se pegar um pouco de cada um já está bom. Eu tenho o sonho de jogar com o Neymar, mas se Deus quiser vou poder jogar com ele na Seleção Brasileira - disse Vinicius Júnior

O jogador deixou claro o quão feliz está com o novo passo na carreira e valorizou o momento em que vive. Sobrou agradecimentos a família e a todos que o apoiaram durante todo o processo. Por fim, Vinícius Júnior relembrou o Flamengo, ao dizer que espera repetir as boas atuações do clube brasileiro que o revelou para o futebol mundial.

- A sensação é única, faltam palavras para descrever esse momento. Espero que tudo que eu fiz no Flamengo, eu consiga fazer aqui e melhor. Tenho que agradecer a Deus, minha família e meus amigos, que sempre me ajudaram. Eu vim do Flamengo, um clube que tem muita pressão também, mas todos da minha família me dão o maior suporte possível. Eu não penso em fracassar, apenas em vencer e conquistar tudo que eu sonho com a camisa do Real Madrid - finalizou o jogador

Confira outros trechos da primeira coletiva de Vinícius Júnior no Real Madrid:

Dificuldade com a língua

- Só o espanhol que é meio compolicado (risos). O pessoal esté me acolhendo bem. Estou muito feliz, o clube é maravilhoso e tem uma estrutura fora do normal

CR7 e Zidane

- Cristiano Ronaldo é uma lenda, todos os torcedores gostam dele. Mas estou muito feliz de jogar com os jogadores que estão aqui. Quero jogar com eles. O Zidane é outra lenda, como jogador e treinador.

Escolha do número

- Jogo mais na ponta esquerda, mas joguei muito na ponta direita também. Nem vi que a minha camisa estava sem número e o número que for escolhido eu vou usar com muito orgulho para dar alegria ao Real Madrid

Novo treinador

- O Lopetegui vem sempre me dizendo o que eu tenho que fazer. No setor defensivo é um ou dois toques, não pode dar drible ali. Quando estiver no mano a mano, ele fica me induzindo para partir para cima do adversário, em busca do gol. O professor Lopetegui esta me ajudando muito, falando comigo o que eu tenho que melhorar e fazer.

Ronaldo fenômeno

- Queria agradecer ao Ronaldo, um mito, um cara que acompanhei pouco, mas meu pai falava que era um fenômeno. Estou muito feliz, se eu puder jogar 10% do que ele jogou aqui, eu vou ser muito feliz e dar muitos títulos ao Real Madrid

Novo grupo

- O grupo é maravilhoso e me acolheram muito bem. Eles vem sempre me falando o que eu devo fazer de melhor para me adaptar mais rápido. Nos treinamentos tenho conseguido jogar do jeito que jogava no Flamengo e fico muito feliz por isso.

O conselho de Ronaldo

- Quero desejar muita boa sorte para ele. É um desafio maravilhoso, todo jogador sonha em vestir a camisa do Real e ele está tendo essa oportunidade para mostrar todo o seu talento. Ele é determinado e vem fazendo vários sacrifícios para continuar jogando e conquistar o seu sonho. Só desejo toda sorte do mundo e bem-vindo ao maior clube do mundo

Esporte