PUBLICIDADE
Topo

Esporte

América-MG tenta surpreender, mas Cruzeiro reage e vence no Mineirão

19/07/2018 21h30

A retomada do Brasileirão rendeu emoções na partida entre Cruzeiro e América-MG. As duas equipes estavam precisando da vitória para subir na tabela, mas foi a Raposa que comemorou os três pontos, ao vencer por 3 a 1, nesta quinta-feira, no Mineirão, em jogo válido pela décima terceira rodada. Os gols da equipe Celeste foram marcados por Robinho, Raniel e Arrascaeta, e o de honra do Coelho foi Christian.

Com o resultado, o Cruzeiro sobe na tabela e respira na competição, já que não havia vencido três jogos. Assim, somou 21 pontos e está na sétima posição. O América-MG, entretanto, cai duas posições e se aproxima da zona do rebaixamento, com 14 somados.

Os primeiros minutos de jogo já demostrava como seria o duelo. Cruzeiro e América-MG brigando muito pela bola no meio-campo e impulsivos nos ataques pelos lados, um confronto aberto em busca da vitória. Os donos da casa souberam prender a bola e administrar a partida.

DOIS IRREGULARES...

?Dois gols foram anulados para a equipe do Cruzeiro. No primeiro, a zaga do Coelho vacilou e a bola acabou sobrando para Hernán Barcos, que tocou para Arrascaeta, o meia recebeu pelo lado esquerdo na área e tocou para Thiago Neves que chegou empurrar para o fundo das redes, porém não estava valendo. Na segunda oportunidade, Barcos encontrou Robinho na direita, e meia cruza rasteiro, Thiago Neves fura e Arrascaeta completou para as redes. Auxiliar assinalou impedimento de TN30.

SAÍDA FORÇADA

Um dos titulares da equipe do América-MG, o lateral-direito Norberto acabou se contundindo ainda na primeira etapa. O jogador sentiu dores no joelho e virou preocupação para Drubscky. No lugar, Ademir entrou para o ataque, e Aderlan, que estava na função de atacante, foi para lateral-direita.

NA REDE!

Em bobeada do zagueiro Dedé, o Cruzeiro tomou o gol. Uma das novidades do time montado por Drubscky, o meia Christian roubou a bola do jogador da equipe Celeste, avançou e arriscou da intermediária para fazer um golaço.

ALEGRIA...

...durou pouco. O Cruzeiro não se abateu com o gol sofrido e respondeu rápido. Em troca de passes, houve uma bola enfiada de Thiago Neves para Robinho, que chutou, mas o goleiro João Ricardo rebateu, e o oportunista Arrascaeta empurrou para o fundo do gol.

QUE CHANCE!

?Logo no início da segunda etapa, aos quatro minutos, o Cruzeiro perdeu a oportunidade de ampliar. Robinho cobrou escanteio, Barcos cabeceou, Henrique ajeitou de peito e Dedé finalizou, mas goleiro João Ricardo fez ótima defesa.

VIRA-VIRA

O Cruzeiro sempre buscando a posse de bola e em jogadas bem construídas. Foi assim, em tabelinha entre Thiago Neves e Arrascaeta, na entrada da área, que os mineiros balançaram as redes com Robinho, após cruzamento do camisa 30. Foi a virada!

OPORTUNISTA

?O jovem e centroavante do Cruzeiro aproveitou rapidamente a oportunidade dada por Mano Menezes. A joia entrou no lugar de Hernán Barcos, e menos de três minutos em campo, mandou a bola para o fundo do barbante, após desentendimento da zaga americana.

ACALMOU

Depois de ficar a frente no placar, o técnico Mano Menezes postou sua equipe mais atrás para segurar o resultado. O Coelho tinha pouco poderio de ataque, pois parava na bloqueio celeste e ainda sofria riscos com os contra-ataques.

PRÓXIMOS COMPROMISSOS

O Cruzeiro também jogará no Mineirão, às 19h, no domingo, contra o Atlético-PR. O América-MG, por sua vez, terá que viajar à Curitiba para enfrentar o Paraná, às 16h, também no domingo pela décima quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 3 x 1 AMÉRICA-MG

Local: Mineirão, em Belo Horizonte

Data-Hora: 19/07 - 19h30

Árbitro: Raphael Claus (SP)

Auxiliares: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) / Rogerio Pablos Zanardo

Público/Renda:

Cartões Amarelo: Aderlan, Henrique

Cartões Vermelho: -

Gols: Christian (31'/1°tempo), Arrascaeta (34'/1ºtempo), Robinho (14'/2ºtempo), Raniel (19'/2ºtempo)

CRUZEIRO: Fábio; Edilson; Dedé, Léo; Egídio; Henrique, Ariel Cabral, Robinho, Thiago Neves (Mancuello - 33'/2ºtempo), Arrascaeta (Rafinha -21'/2ºtempo) e Hernán Barcos (Raniel - 15'/2ºtempo). Técnico: Mano Menezes.

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Norberto (Ademir 28'/1ºtempo), Matheus Ferraz, Messias, Giovanni, Juninho, Leandro Donizete (Ruy - 20'/2ºtempo), Christian, Wesley (Capixaba - 33'/2ºtempo), Aderlan e Rafael Moura. Técnico: Ricardo Drubscky.

Esporte