PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fora de casa, Ponte Preta vence Figueirense e ainda sonha com G-4

30/06/2018 20h23

Boa vitória! Após dois tropeços seguidos, contra CRB e CSA, a Ponte Preta conseguiu se recuperar em grande estilo na classificação ao derrotar o Figueirense, por 2 a 0, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela décima terceira rodada, do Campeonato Brasileiro, da Série B. O resultado dá um novo ânimo à Macaca na briga por uma vaga no G-4. Léo Santos e Felipe Saraiva balançaram as redes para o time comandado por João Brigatti.

Com a vitória, a Macaca diminuiu a diferença para o G-4. A Ponte subiu para o oitavo lugar, com 18 pontos, quatro atrás do Vila Nova, que fecha o grupo de classificação. O Figueirense, por outro lado, caiu para o quinto lugar, com 21, ultrapassado pelo CSA e pelo próprio time goiano.

MELHOR

A Ponte Preta foi muito superior no primeiro da partida no Orlando Scarpelli e mereceu o resultado positivo na etapa inicial. Criou pelo menos três chances reais de gol, enquanto os donos da casa não chegaram com perigo ao gol de Ivan.

GOL BIZARRO

Danilo Barcelos cobrou falta de muito longe. Denis tentou defender, mas deu o rebote nos pés de Léo. O camisa 4 perdeu chance inacreditável ao chutar no travessão com o gol completamente aberto. No rebote e com ele já caindo, a bola bate nele e entra para o fundo da rede.

BOA CHEGADA

Aos 14 minutos, da segunda etapa, Diego Renan arriscou chute de fora da área, mas para em Ivan que faz boa defesa. No rebote, João Paulo chuta forte, mas sem direção e manda para fora.

NA REDE!

Após cobrança de escanteio, a zaga da Macaca afastou o perigo com um chutão. Felipe Saraiva correu mais que a defesa e ganhou a disputa de bola. Na cara de Denis ele chutou rasteiro, sem chances.

PRÓXIMOS COMPROMISSOS

O Figueirense volta a campo na quinta-feira e fazem o clássico estadual contra o Criciúma, às 21h, no Heriberto Hulse, em Florianópolis. No domingo, às 18h, a Ponte Preta recebe o Fortaleza, no jogo que marca o retorno da torcida ao Moisés Lucarelli, em Campinas.

Esporte