PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Capitão dinamarquês diz que seleção minimizou os seus pontos fracos

30/06/2018 13h33

Se Age Hareide, o treinador da Dinamarca, disse na coletiva deste sábado em Nijny Novgorod que a sua seleção terá postura ofensiva contra a Croácia, o capitão da seleção, Simon Kjaer fez questão de lembrar que o time escandinavo é muito forte defensivamente e está invicto há 18 jogos oficiais, o que dará tranquilidade para o pessoal da frente criar as oportunidades para vencer o jogo. O zagueiro assegura que a Croácia, embora venha a ser um dos adversários mais duros que os dinamarqueses vão encontrar pela frente, não terá vida fácil. E que se o torcedor põe o favoritismo no colo croata, ele pode se surpreender e, a partir do jogo deste domingo, colocar o seu time em outro patamar.

- Conhecemos todos os nosso pontos fortes e minimizamos todos os nossos pontos fracos nos últimos jogos, depois da derrota para Montenegro. Qualquer adversário que nos conhece sabe que não somos um adversário fácil, divertido. Nossa defesa é muito forte e prova disso é que neste ano só tomamos um gol, marcado pela Austrália, com o uso do VAR.

Por tudo isso, ele acredita que a sua seleção anda tirando o sono dos croatas, afinal, ninguém fica invicto tantos jogos se não tiver qualidade, principalmente defensiva e que o momento dinamarquês mostra que o grupo pode ir muito além na Rússia:

- Tenho certeza que a Croácia terá muito respeito por nós. Acreditamos na nossa força e queremos mais, pois não estamos satisfeitos com o que já alcançamos.

Esporte