PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Atleta do século XX da Polônia, Irena Szewinska não resiste ao câncer

30/06/2018 15h53

A ex-velocista Irena Szewinska faleceu, na última sexta-feira, em Varsóvia. A polonesa, considerada a atleta do século XX em seu país, estava lutando contra o câncer. Com 26 títulos em campeonatos poloneses, Irena Szewinska também soma três medalhas de ouro, duas de prata e duas de bronze em cinco participações olímpicas entre 1964 e 1980. Vale ressaltar também que a ex-atleta conseguiu bater por 10 vezes o recorde mundial nas provas de 100m, 200m e 400m.

Irena Szewinska deixa marido e dois filhos. Seu falecimento foi lamentado por Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), do qual ela também era membro.

- Estou chocado e entristecido com a perda da nossa querida amiga olímpica Irena Szewinska. Toda a família olímpica está em profundo luto. Irena será lembrada para sempre como uma personalidade excepcional como atleta e membro do COI. Com sua gentileza e modéstia, ela era um verdadeiro modelo, dedicando toda a sua vida ao esporte - afirmou o mandatário.

Mesmo depois de se aposentar, em 1980, a ex-velocista permaneceu ligada ao atletismo. Ela foi vice-presidente do Comitê Olímpico Nacional da Polônia e residente honorária da Associação Polonesa de Atletismo. Além disso, se tornou membro do Comitê Olímpico Internacional (COI).

Esporte