PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Palmeirenses fazem festa no Obelisco em dia de protestos na Argentina

25/04/2018 15h52

Centenas de torcedores do Palmeiras foram no início da tarde desta quarta-feira para um encontro no Obelisco, ponto turístico de Buenos Aires. Os brasileiros fizeram uma grande festa, que acabou encurtada por conta de protestos de professores no mesmo local.

Era para ter ainda mais palmeirenses na região, mas a polícia bloqueou o acesso de alguns e tentou tirá-los dali, pois a manifestação contra o governo local era grande. Ainda assim, a torcida alviverde conseguiu levar bandeiras e fazer barulho até a chegada dos protestantes, em um caso que a imprensa argentina trata como "Caos no centro" da cidade.

Desde o começo da semana ocorrem manifestações em Buenos Aires. Em frente ao congresso também nesta quarta houve o "panazo", protesto de padeiros contra o aumento do valor da farinha e de impostos que estão atrapalhando o setor. No Obelisco, houve participação intensa do grupo de esquerda popular argentina.

Apesar da ação dos policiais para tentar mandar a festa dos palmeirenses para mais distante do centro, os brasileiros fizeram bastante barulho na região. Buenos Aires está tomada por torcedores do Verdão, inclusive alguns que não conseguiram ingresso para o jogo das 21h45 (de Brasília), na Bombonera.

O Boca Juniors cedeu ao Palmeiras uma carga de 2 mil ingressos, que rapidamente se esgotaram. A diretoria alviverde até pediu mais entradas, mas não foi atentida. O Verdão defende nesta noite a liderança do grupo 8 - uma vitória já garante a equipe nas oitavas de final da Libertadores.

Esporte