PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Pepe é expulso, torcida joga objeto em técnico, e clássico turco é paralisado

19/04/2018 18h23

Não é só no Brasil que o futebol perde muitas vezes para a violência. Nesta quinta-feira, num dos principais clássicos da Turquia, envolvendo Fenerbahçe, os donos da casa, e Besiktas, houve cenas lamentáveis: a torcida do Fener jogou um objeto metálico (não divulgado) na cabeça do treinador Senol Gunes, do outro time. Com isso, o jogo precisou ser interrompido, aos 10 do segundo tempo. Ainda não há data para a continuação da partida.

A partida estava 0 a 0 e era válida pela volta das semifinais da Copa da Turquia. Na ida, outro empate (2 a 2). Quem avançar, encara o Akhisarspor, que eliminou o Galatasaray, terceiro gigante do país. De acordo com a imprensa turca, uma discussão do goleiro reserva do Besiktas, Tolga Zengin, com a torcida do Fenerbahçe desencadeou a confusão. O treinador dos Águias Negras teve um corte na cabeça e foi levado para o hospital.

Um pouco antes disso, um velho conhecido do torcedor brasileiro protagonizou outra cena dura: o zagueiro Pepe, ex-Real Madrid, foi expulso após entrada violenta no volante Souza, aos 30 do primeiro tempo. O brasileiro naturalizado português não gostou e uma discussão generalizada começou.

Esporte