PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dorival pode estabelecer seu maior jejum no Morumbi nesta quarta

Daniel Vorley/AGIF
Imagem: Daniel Vorley/AGIF

27/02/2018 08h00

Dorival Júnior não vence há três jogos e nunca conviveu com tanta pressão no São Paulo. E uma das explicações está no aproveitamento aquém do desejável no Morumbi: caso não derrote o CBR nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil, o técnico alcançará seu maior jejum sob o comando do time no estádio.

Até agora, com o treinador, o time tricolor nunca ficou mais do que duas partidas sem vencer em sua casa. Atualmente, vem de derrota para o Santos e empate diante da Ferroviária, no último domingo. Uma sequência de apenas um ponto somado em seis disputados no local que já tinha ocorrido pelo Campeonato Brasileiro (igualdade com Grêmio e derrota para o Coritiba).

Por outras duas vezes, o comandante deixou o Morumbi em sequência sem ganhar: empatou diante de Ponte Preta e Corinthians, em setembro do ano passado, e ficou na igualdade tanto na última rodada do Brasileiro, contra o Bahia, quanto no primeiro jogo em casa em 2018, ante o Novorizontino (veja a tabela abaixo).

Pelo São Paulo, Dorival Júnior tem 14 partidas no Morumbi, acumulando cinco vitórias, sete empates, duas derrotas e um aproveitamento de 52,38% na casa tricolor. Poderia ter mais jogos no estádio pelo clube, mas, entre outubro e novembro, o Tricolor mandou jogos no Pacaembu porque o Morumbi estava à disposição de eventos musicais.

O treinador vem de derrotas para Santos e Ituano e empate diante da Ferroviária, convive com vaias desde o começo da temporada, mesmo em vitórias, por conta do mau desempenho do time. Ainda assim, lidera o Grupo B do Campeonato Paulista, passou com duas vitórias nas duas primeiras fases da Copa do Brasil e ganhou voto de confiança da diretoria.

Às 19h30 desta quarta-feira, no Morumbi, o São Paulo enfrenta o CRB, de Alagoas, pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil. O confronto de volta está marcado para o dia 14, em Maceió.

Esporte