PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Em fases opostas, Figueira e Criciúma fazem clássico no Catarinense

24/02/2018 16h07

Sem saber o que é perder há incríveis 14 partidas, o time do Figueirense terá um novo desafio pela frente. Neste domingo, o Furacão encara o Criciúma pelo Catarinense e, apesar de viver momentos diferentes na temporada, entrará em campo com total cautela.

A situação do Tigre na temporada não é nem um pouco agradável. Além de amargar na zona de rebaixamento do Catarinense, o Criciúma foi eliminado da Copa do Brasil na última quarta-feira, para o Cianorte, e desencadeou mudanças no clube. A principal é a chegada do treinador Argel Fucks, que já comanda o time neste domingo. Em sua apresentação, Argel não iludiu o torcedor e afirma que o objetivo do Criciúma é sair da zona da degola.

- Temos hoje e amanhã para trabalhar, é um jogo importantíssimo, que pode ser nossa virada, com adversário que é o líder. Nosso objetivo não é ser campeão, não vamos iludir o torcedor, não é chegar em segundo lugar, nosso objetivo é sair o quanto antes da zona do rebaixamento e colocar o Criciúma em uma posição digna dentro da tabela.

Já a relação entre o Figueirense e sua torcida é só amor. O time não sabe o que é perder desde novembro do ano passado, e lidera o Catarinense com 21 pontos somados, além de ter garantido sua vaga na próxima fase da Copa do Brasil. O zagueiro Cleberson acredita que o Figueirense é o time a ser batido no Estadual, mas pede pés no chão diante do Criciúma.

- Time que está ganhando é assim, normal, todos estão atrás do Figueirense, querem ganhar. Estamos fechados, manter os pés no chão, manter a liderança e fazer a final em casa.

Criciúma e Figueirense se enfrentam neste domingo, às 17h da tarde, no Heriberto Hulse. O Figueira é o líder do Catarinense, com 21 pontos, enquanto o Criciúma é o nono, com 9 pontos. Os dois primeiros colocados se classificam à decisão do Estadual.

Esporte