PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Com jeito brincalhão, Marllon diz que concorrência só ajuda no Corinthians

Zagueiro Marllon acertou um vínculo de quatro temporadas com o Corinthians - Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians
Zagueiro Marllon acertou um vínculo de quatro temporadas com o Corinthians Imagem: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

22/02/2018 13h45

Os dois reforços apresentados pelo Corinthians nesta quinta-feira possuem uma característica totalmente diferente. Enquanto Matheus Matias, atacante de 19 anos, é tímido, de poucas palavras, o zagueiro Marllon, de 25, faz mais o estilo fanfarrão, bem humorado. Foi esse seu cartão de visita ao conceder sua primeira entrevista coletiva como jogador do clube.

"Até brinquei antes de chegar. Fazia tempo que eu não via tanta gente assim na imprensa. Parece até a torcida (risos). Estou bastante ansioso, tenho feito boas temporadas. Vou trabalhar com calma", brincou o zagueiro, que assinou contrato por quatro temporadas.

Marllon intercedeu algumas vezes na entrevista para brincar com Matheus, que foi apresentado ao seu lado. Mas adotou seriedade e pés no chão quando falou sobre a disputa por posição no grupo. Com ele, o Corinthians chega a sete zagueiros no elenco profissional: Balbuena, Henrique, Pedro Henrique, Léo Santos, Yago e Vilson são os outros.

"A gente vai aprendendo com um, com outro. Independentemente de ter seis, sete jogadores na posição, vou trabalhar para tentar dar conta do recado", afirmou o zagueiro, que rasgou elogios ao titular Balbuena:

"Balbuena é um líder, ídolo. Não tem que comparar com ele, Pablo. Espero mostrar meu trabalho e dar conta da posição."

O zagueiro foi revelado pelo Flamengo e atuou ano passado emprestado à Ponte Preta. Seu nome já vinha sendo falado no Corinthians desde o ano passado. Ele ainda não tem previsão de estreia, apesar de já estar treinando com o grupo.

Esporte