PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Botafogo vence o Nova Iguaçu na estreia de Alberto Valentim

22/02/2018 21h39

Foi uma noite para dizer: o início deu certo. A estreia de Alberto Valentim; o retorno de Marcinho, após lesão; e as escolhas do treinador, principalmente no ataque. O resultado foi um 2 a 1 que só teve um sopro de emoção por conta de uma falha defensiva do Glorioso. Vitória do Botafogo sobre o Nova Iguaçu, no Giulite Coutinho, e começo positivo para o novo comandante. No próximo domingo, o rival é a Cabofriense, no Estádio Nilton Santos. Partida para a equipe se consolidar.

FESTA DE DEBUTANTES

Além da estreia de Alberto Valentim pelo Botafogo, a partida marcava o primeiro jogo de Ezequiel e Kieza como titulares, além do retorno de Marcinho após dez meses. Aos 15 minutos, o lateral-direito lançou o ponta revelado na base alvinegra. Ele dividiu com o zagueiro, ganhou, deu o passe e caiu com dores. O centroavante, de primeira, abriu o placar em Mesquita.

NINGUÉM ESQUECE

Era dia de primeira vez. A mão na bola de um zagueiro do Nova Iguaçu resultou em falta na entrada da área, frontal. Aos 17, Valencia pegou a bola, e chamou de "meu bem" e colocou na gaveta! De forma indefensável, o chileno deixou 21 partidas em branco para trás e, finalmente, balançou uma rede pelo Alvinegro.

COMO NÃO FOI GOL?

Logo no início da segunda etapa, Marcinho fez boa jogada e serviu a Kieza. O atacante estava tão livre e o chute parecia tão bem direcionado que o lateral já ergueu os braços comemorando. Mas a bola teimou e saiu à esquerda do goleiro do time laranja.

AÍ COMPLICA

Pouco depois da parada técnica, numa de suas primeiras participações, Arnaldo tocou muito forte para Igor Rabello, na fogueira. O zagueiro não chegou a tempo, e Dieguinho aproveitou para driba-lo e chutar cruzado. Gol e emoção na Baixada Fluminense, aos 24 minutos. Até...

Por pouco

Na reta final da partida, mesmo com cautela, o Alvinegro continuou no campo de ataque, sem deixar o rival - que pouco produziu no jogo - sonhar. E Luiz Fernando chegou a ter boa chance, após jogada pela ponta esquerda. A finalização, porém, deixou a desejar.

Local: Estádio Giulite Coutinho, Mesquita-RJ

Data-hora: 22/2/2018 - 19h30

Público e Renda: 1.559 presentes / R$29.400,00

Árbitro: Wagner Magalhães

Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Andréa Izaura

Cartões amarelos: Lucas (NIG) e Dudu Cearense (BOT)

Cartões vermelhos: -

Gols: Kieza, 17'/1ºT (1-0), Valencia, 28'/1ºT (2-0) e Dieguinho, 24'/2ºT (2-1)

NOVA IGUAÇU: Jefferson, Wallace, Raphael, Murillo e Lucas (Robinho, Intervalo); Iuri, Wescley, Paulo Henrique e Andrezinho (Caio Cezar, 22'/2ºT); Jonathan (Dieguinho, Intervalo) e Adriano - Técnico: Edson Souza.

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Marcinho (Arnaldo, 22'/2ºT) Marcelo, Igor Rabello e Moisés; Rodrigo Lindoso e João Paulo; Ezequiel (Luiz Fernando, 24'/2ºT), Valencia e Rodrigo Pimpão (Dudu Cearense, 34'/2ºT); Kieza - Técnico: Alberto Valentim.

Esporte