PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Firmino é liberado de acusação de racismo em jogo contra o Everton

REUTERS/Phil Noble
Imagem: REUTERS/Phil Noble

21/02/2018 16h30

O brasileiro Roberto Firmino foi liberado pela Associação de Futebol da Inglaterra (FA) pela investigação na qual era suspeito de racismo contra o jogador do Everton, Mason Holgate. O atacante foi acusado de ofender o adversário durante o clássico entre as equipes, no dia 5 de janeiro.

- Levando em consideração todas as evidências disponíveis, consideramos que não há algo suficiente para seguir com um processo contra Firmino - disse a FA nesta quarta-feira (21), através de um comunicado oficial.

A confusão começou aos 39 minutos do segundo tempo, quando os dois jogadores estavam disputando a bola na lateral. Mason empurrou Firmino, que acabou caindo na arquibancada. O brasileiro se levantou e, furioso, partiu para cima do adversário e disse coisas em português, de acordo com a leitura labial.

Holgate teria entendido as palavras do brasileiro como um insulto racial e foi reclamar com o árbitro, que não puniu ninguém. A FA também liberou Mason.

- Estamos convencidos que a acusação foi feita de boa-fé por Holgate, e não há indício que ele tenha feito alegações falsas ou maliciosas - acrescentou a entidade.

Esporte