PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Shakhtar e Roma prometem intensidade em duelo silencioso

20/02/2018 16h25

Menos badalado das oitavas de final da Liga dos Campeões, o confronto entre Shakhtar Donetsk e Roma será realizado pela ida, em Cracóvia, às 16h45 (de Brasília). O time ucraniano tem a desvantagem de decidir fora por ter ficado em segundo na fase de grupo. Porém um desconto: o líder foi o Manchester City, que perdeu a invencibilidade em 2017/18 justamente diante do Shakhtar.

E se engana quem acredita que o duelo, que não conta com nenhum vencedor da Champions, será esmorecido. As equipes têm tudo para serem intensas em caso de fidelidade aos respectivos estilos de jogo. Ao menos é o que garante Paulo Fonseca, o irreverente treinador do Shakhtar Donetsk.

- Será um jogo muito intenso, muito tático. Ambas as equipas têm um estilo de jogo dominador e se recusam a trair os seus princípios futebolísticos - disse Fonseca, que chegou a se vestir de Zorro após garantir vaga nas oitavas.

Paulo Fonseca comandará uma já tradicional legião de brasileiros, em ótima fase no Velho Continente. Um deles atende por Fred, no radar de Tite, que enalteceu o ambiente positivo no clube.

- O clima é muito bom no clube, está todo mundo muito focado nesse jogo. E é o meu primeiro no ano, logo pela Champions. A expectativa é a melhor possível. Temos a consciência das dificuldades que teremos pela frente, mas a certeza de que faremos mais uma grande partida - anteviu Fred, a atuar ao lado dos compatriotas Dodô, Ismaily, Marlos, Taison e Bernard entre os titulares.

Shakhtar e Roma voltam a se encontrar depois do duplo confronto também pelas oitavas da Liga dos Campeões em 2011. À época, o Shakhtar ganhou os dois jogos (por 3 a 0 e 3 a 2). De resto, no embate entre ambos, a única vitória da Roma foi em 2006, na fase de grupos, por 4 a 0.

Para repetir 2006, e voltar à Itália com um resultado positivo na bagagem, a Roma precisa se amparar às boas atuações de Alisson, em ótima fase, e torcer para que Dzeko passe dos três gols na competição e lidere o ataque romano.

- Durante o jogo, temos de evitar quaisquer falhas de concentração. Vão haver situações em que vamos dominar, vão haver outras em que, diante uma equipe que é tão boa com a bola no pé, seremos forçados a jogar lá atrás. Tenho visto o meu time evoluir e espero confirmar isso amanhã (quarta) - projetou Eusebio Di Francesco, técnico da Roma.

FICHA TÉCNICA

SHAKHTAR DONETSK X ROMA

Local: OSC Metalist, Carcóvia (UCR)

Data-Hora: 21/2/2018 - 16h45

Árbitro: William Collum (SCO)

Auxiliares: David McGeachie (SCO) e Francis Connor (SCO)

SHAKHTAR DONETSK: Pyatov; Dodô, Kryvtsov, Rakitskiy, Ismaily; Fred, Stepanenko; Marlos, Taison, Bernard; Ferreyra. Técnico: Jupp Heynckes.

ROMA: Alisson; Bruno Peres, Fazio, Manolas, Kolarov; De Rossi, Strootman; Cengiz Ünder, Nainggolan, Perotti; Dzeko. Técnico: Eusebio Di Francesco.

Esporte