PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Santos demite diretor executivo de futebol com dois meses de trabalho

20/02/2018 20h24

Durou exatamente dois meses a passagem do diretor executivo de futebol Gustavo Vieira pelo Santos. Anunciado como novo integrante da diretoria em 20 de dezembro do ano passado, Gustavo foi demitido nesta terça, dia 20 de fevereiro, por desentendimentos com o presidente José Carlos Peres.

Os conflitos com o presidente já se arrastavam por algumas semanas. Uma matéria do "GloboEsporte.com" tornou pública a questão nesta terça. De acordo com pessoas próximas à presidência, Peres não mantinha sua palavra diante dê contratações e reuniões e consequentemente não dava espaço para Gustavo trabalhar, algo que minou o diretor.

Sem Gustavo, a diretoria procura um substituto para o cargo. Sergio Dimas é um dos nomes cotados. O Peixe conta no momento com o gerente de futebol William Machado e o gerente administrativo Diogo Castro no comando do departamento.

Com passagem anterior pelo São Paulo, Gustavo Vieira foi a aposta da nova gestão, eleita em dezembro de 2017, para comandar o futebol do Peixe. Foi o dirigente que negociou e fechou a contratação do técnico Jair Ventura.

Esporte