PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ricardo Oliveira diz que Galo deve "apostar na velocidade" para embalar

19/02/2018 13h50

Autor do terceiro gol do Galo na vitória por 3 a 0 sobre o América-MG, Ricardo Oliveira analisou o desempenho do time durante a partida e não poupou elogios ao setor ofensivo, que se destacou nas criações de jogadas. Com o Atlético precisando engrenar no Campeonato Mineiro, o experiente jogador de 37 anos acredita que apostar na velocidade renderá bons frutos na briga pela liderança da competição.

- Acho que, taticamente, o time foi perfeito. A gente anulou a equipe deles. Procuramos fazer o que a gente vem treinando e o que o treinador tem pedido: jogadas rápidas pelo lado. Ali não tem como parar a gente. A gente tem jogadores muito agudos, muito rápidos pelo lado do campo. Se a gente souber usar essas virtudes do time, vai acontecer isso daí. É um trabalho, um esforço coletivo, que resultou numa vitória contundente de 3 a 0 - comentou o atleta.

O sistema defensivo também não escapou das observações de Ricardo Oliveira. Apesar de o Atlético ter deixado o rival dominar a bola em alguns momentos do jogo, os contra-ataques foram essenciais para que a equipe garantisse mais três pontos. De acordo com o atacante, o resultado é fruto de uma semana intensa de treinamentos estratégicos.

- Para muitos, a gente chegou ao clássico em desvantagem ao América. Nós acompanhamos durante toda a semana. A gente se propôs a se fechar, fazer um trabalho muito forte durante a semana, montar uma estratégia para poder vencer o jogo de hoje. Vencer um clássico ganhando de 3 a 0, não levando gol, todo mundo trabalhando defensivamente.

Sofrendo pressão da torcida pela campanha oscilante que vem realizando no Estadual, o Atlético-MG encarou a partida contra o América como uma final de campeonato. A pressão deu certo, já a equipe deixou o Independência sem levar gols e garantiu a terceira colocação.

- Nós conversamos. Sabíamos que vencer este jogo poderia ser um divisor de águas para a gente para o restante da temporada. Falamos que o jogo era uma final para a gente. Nós precisávamos sair com os três pontos. Nos dá muita confiança. Vence um clássico, ganha de 3 a 0, não leva gol e tem uma decisão na quarta-feira, que nós sabemos que é muito complicado também. Vamos para lá com muita confiança, com a intenção de fazer um grande trabalho para conseguir a classificação.

Em ritmo de decisão, como citado por Ricardo Oliveira, o Galo volta a se concentrar na partida contra o Botafogo-PB, válida pela segunda fase da Copa do Brasil. As equipes se enfrentam às 21h45 desta quarta-feira e a disputa é de grande peso, já que o time vencedor avança e, em caso de empate, a vaga na terceira fase será disputada nos pênaltis.

Esporte