PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Presidente do Atlético-MG pede paciência à torcida e freia euforia

19/02/2018 14h53

Após a vitória por 3 a 0 sobre o América-MG, neste domingo, o presidente do Atlético-MG, Sérgio Sette Câmara freou euforia. A vitória foi tida para muitos como o fim da crise e do momento turbulento do Galo, mas para o presidente do clube, o resultado é apenas retrato da dedicação da equipe.

- O time se dedicou e mereceu a vitória. Não é motivo para que a gente fique eufórico. Eu já tinha discurso pronto para qualquer situação. Não temos que dramatizar demais quando as derrotas acontecem - afirmou o mandatário.

Sérgio Sette Câmara pediu paciência a torcida atleticana e enfatizou que o momento do clube é de reconstrução. Com redução na folha de pagamentos e a diminuição dos investimentos, o presidente pediu mais tolerância por parte dos torcedores. O dirigente também saiu em defesa do diretor de futebol Alexandre Gallo, um dos mais cobrados nos últimos dias.

- Eu peço à torcida que tenha paciência. Estamos reconstruindo o time. Tivemos muitas mudanças, que demoram a dar resultado. Temos que pedir à torcida que ela tenha paciência, tolerância. Estamos trabalhando muito sério, eu tenho me dedicado muito. Tenho que agradecer ao meu diretor de futebol, o Gallo, que é um cara seríssimo, honesto, correto, trabalhador, que sofreu muito essa semana com críticas injustas, no meu modo de ver. Ele me ajudou a contratar sem dinheiro. O Atlético não gastou nem um centavo nas contratações que fez. Conseguimos reduzir substancialmente nossa folha para que a gente possa manter os pagamentos em dia. É muito importante que o jogador tenha a tranquilidade de ver o salário depositado - disse Sette Câmara.

A expectativa é que o Atlético-MG siga tendo bons resultados nos próximos compromissos. Nesta quarta-feira, o Galo vai enfrentar o Botafogo-PB, às 21h45, em jogo válido pela Copa do Brasil. No Campeonato Mineiro, o adversário da vez é o Tupi. A partida será realizada no domingo, às 17h, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio.

Esporte