PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dudu elogia Roger e brinca: "Não dá para tomar café que perde a vaga"

Marcello Zambrana/AGIF
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

17/02/2018 08h00

Dudu foi titular em todos os sete jogos do Palmeiras em 2018, mas sabe que a ideia de Roger Machado é aproveitar a vantagem na liderança e dar mais minutos a quem vem jogando menos. O capitão aprova a estratégia do treinador, mas brinca que não tem dado brecha para sair da equipe.

"Eu não paro nem para tomar um café ali. Qualquer coisinha a gente perde a vaga (risos). Deus me livre! Estou brincando. A gente sabe que todos ali têm qualidade para jogar. Muitos não estão indo nem para jogos direito, mas são jogadores que, quando a gente precisar, vão dar conta", disse o camisa 7, durante evento promovido pela Nike, nesta sexta-feira, para a apresentação de seu novo modelo de chuteiras.

Jailson, Antônio Carlos, Thiago Martins, Tchê Tchê, Lucas Lima e Borja são os outros jogadores que começaram todas as partidas da temporada. Roger deu sequência a um time base e fez no máximo três alterações de uma partida para a outra. Para o técnico, isso ajuda os atletas a ganharem entrosamento neste início de temporada.

Por outro lado, ninguém é intocável. O único jogador de linha a disputar todos os minutos do ano é Thiago Martins - o goleiro Jailson ostenta a mesma marca. Todos os outros, inclusive o capitão Dudu, já foram substituídos.

"O Roger é bastante transparente, é muito sério. Ele nos ajuda bastante e estamos comprando a ideia dele. Esse começo de ano com seis vitórias e um empate nos deixa muito felizes, mas temos que ter o pé no chão. Sabemos que é só o início", opinou Dudu.

"A gente vê com bons olhos a ideia de rodar o elenco. Nosso grupo tem qualidade e quem entrar vai dar conta, seja o jogo que for. Dar rodagem para outros jogadores é bom. Ele tinha a ideia de dar uma cara para a equipe e fez isso nos primeiros jogos, deixando quase sempre a mesma escalação. Agora começou a mudar uma peça ou outra. Isso é importante para quem não vem jogando se sentir valorizado e saber que a oportunidade pode aparecer a qualquer hora", completou Dudu.

O Palmeiras volta a campo neste domingo, às 19h30, contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli.

Esporte