PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Mano Menezes mantém escalação do Cruzeiro para jogo contra o Vila Nova

André Yanckous/AGIF
Imagem: André Yanckous/AGIF

16/02/2018 15h27

Escalado como volante na partida contra o Democrata, Mancuello mostrou habilidade com a bola ao realizar boas jogadas pelo lado esquerdo. Inclusive, marcou seu primeiro gol com a camisa celeste e contribuiu para que o Cruzeiro vencesse a partida por 2 a 0. Neste sábado, contra o Vila Nova, o argentino terá uma nova função. Assim como no treino da última quinta-feira, Mano Menezes voltou a escalar o jogador no meio-campo.

Durante entrevista coletiva antes da atividade desta sexta, o técnico explicou que a mudança foi realizada porque apesar de o jogador ter ido bem na distribuição de bola, vacilou na marcação, o que facilitou para o adversário criar chances de gol. Este fato também fez com que o goleiro Fábio se tornasse o principal atleta do jogo, realizando cinco defesas dificeis.

"Estamos vendo isso. Na primeira amostragem, (Mancuello) fez bem a função. Mas aconteceu uma coisa no jogo que não me agrada muito. O Fábio foi o melhor do jogo. Então essas coisas têm relação e eu tenho ver o quanto têm de relação. Foi em função das minhas escolhas, que serão analisadas para tomar as decisões mais à frente. Depende da forma que você vai jogar, contra quem vai jogar, se são jogos grandes, se são confrontos difíceis na casa do adversário por uma Copa Libertadores, enfim. Vamos avaliar tudo isso em relação à escalação do jogador (adiantado ou recuado)", disse Mano.

Desta forma, a escalação do Cruzeiro para enfrentar o Vila Nova às 16h30 deste sábado conta com Fábio; Edílson, Murilo, Manoel, Egídio; Henrique, Ariel Cabral e Mancuello; Rafinha, Arrascaeta e Fred. O meia Thiago Neves, que volta a estar disponível após realizar trabalho de reforço muscular na perna esquerda, participou da atividade com bola ao lado dos reservas, mas segue fora do jogo contra o Vila.

"Nesse jogo não. Talvez no jogo diante do Boa, na outra semana (dia 24, às 16h30, no Mineirão). Aí estaremos antevéspera da estreia na Libertadores. O planejamento que fizemos é para ele voltar na próxima semana", explicou Mano Menezes sobre a situação do atleta.

Por outro lado, o zagueiro Dedé, que ficou quase nove meses fora de campo por conta de um edema ósseo no joelho esquerdo, aparece entre os relacionados e o comandante celeste está otimista com o retorno do camisa 26.

"Vamos relacionar Dedé depois de bastante tempo. A gente fica contente. Tomamos muito cuidado para que a volta fosse sem contratempos. A recompensa está vindo para todos nós", finalizou.

Líder invicto do Campeonato Mineiro, com 16 pontos, o Cruzeiro aparece com vantagem em relação ao adversário, que ocupa a terceira colocação na tabela, com nove pontos.

Esporte