PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Enderson Moreira fala sobre especulação envolvendo Atlético-MG

16/02/2018 19h17

Após especulação envolvendo Enderson Moreira e o Atlético-MG, o técnico do Coelho abriu o jogo. Na quinta-feira, o presidente do Galo, Sérgio Sette Câmara, ligou para o presidente do América-MG, Marcus Salum, para comunicar que o empresário de Enderson estaria oferecendo o treinador ao Alvinegro, que está sem um comandante, desde a saída de Oswaldo de Oliveira.

Enderson Moreira garantiu, em entrevista coletiva, que está feliz no América-MG, e disse também que não acredita que tenha sido "oferecido" pelo seu agente, Francis Melo ao Atlético-MG.

- Primeiramente, recebi a notícia com muita surpresa. Tenho muito orgulho da minha carreira, mas me espanta que meu representante tenha me oferecido. Já conversei com ele e não acho que aconteceu dessa forma. Quando acontece esse tipo de especulação já querem soltar, achando que é verdade, mas acho que deveriam esperar um pouco. Primeiro, eu estou muito feliz no América, quem vê no dia a dia sabe como estou feliz. Fiz uma semana maravilhosa de trabalho, tenho um foco muito claro no jogo de domingo e nada, em tempo algum, me atrapalhou neste quesito. Estou muito feliz e, se tivesse infeliz já teria falado. Tenho um contrato, que tem uma cláusula de encerramento e posso usá-la, assim como, se o América não me quiser mais, ele pode fazer isso. É muito claro: no dia que tiver algo concreto e que eu possa achar interessante, vou falar que não quero ficar - afirmou o técnico.

O treinador reforçou que está envolvido com o trabalho no Coelho. Enderson também contou do diálogo franco e aberto que tem com o presidente do América-MG.

- Estou comprometido com a causa do América e estou totalmente focado. Podem confiar. Quem me conhece sabe que sou assim. No futebol só podemos acreditar no que está escrito, como não acredito que meu representante foi no Atlético-MG e me expôs assim. Eu não acredito que tenha sido isso. Se ele fez isso, vou ter que puxar a orelha dele, porque me desvaloriza bastante. Ano passado recebi uma proposta, fui falar com o Salum (presidente) e ele falou que deveria permanecer - concluiu o comandante.

América-MG e Atlético-MG se enfrentam neste domingo, pelo Campeonato Mineiro, no Independência, às 17h.

Esporte