PUBLICIDADE
Topo

Esporte

De volta aos gramados, Dedé mira em conquista da Libertadores pelo Cruzeiro

Pedro Vale/AGIF/Estadão Conteúdo
Imagem: Pedro Vale/AGIF/Estadão Conteúdo

Lancepress

16/02/2018 16h07

Depois de ficar fora de campo durante quase nove meses em tratamento de um edema ósseo, o zagueiro Dedé finalmente voltou a aparecer na lista de relacionados do Cruzeiro para a partida contra o Vila Nova, que acontece às 16h30 do próximo sábado (16), no Mineirão. Em entrevista coletiva na Toca da Raposa, o jogador, que vem treinando normalmente com o restante do elenco nesta semana, agradeceu o apoio recebido durante o período de recuperação.

"Estou muito feliz, sou muito grato a todos que participaram desse momento. Não posso esquecer do Sérgio Freire (ex-médico do clube), que me ajudou muito, ele que fez minha cirurgia. Ao doutor Wallace (ex-médico do clube) também. A todos. Se falar nome por nome vai ficar longo. Campolina (atual médico do clube) é um cara muito importante nessa minha fase, a forma que eu retornei, estou me sentindo muito diferente. Todos os testes físicos estão muito equilibrados. A confiança nessa minha volta está sendo maior que em todos os meus retornos. Estou satisfeito com os meus treinos, Mano está me dando confiança. Sempre ficamos com ansiedade pra voltar. Sou um cara muito ansioso. Estou feliz, por estar aqui, falando com vocês, e apto para jogar", comemorou.

Confiante que fará um bom ano pelo time celeste, o zagueiro afirma que se sente em ótima forma para retornar aos campos neste início de temporada, deixando de lado qualquer dúvida que relembre o período em que voltava do departamento médico ainda sentindo incômodos nas áreas lesionadas. Apesar de seu bom estado, Dedé pede paciência aos torcedores.

"Temos que ver como vai ser após o primeiro jogo. Temos que aprender. Ano passado eu estava me sentindo bem, um pouco desequilibrado do lado esquerdo e acabou sobrecarregando. Agora estou super bem, diferentemente do ano passado. Mesmo com o desequilíbrio (em 2017), fiz jogos muito bons. Mas, infelizmente, sobrecarregou. A expectativa agora é melhor ainda".

No Cruzeiro desde abril de 2013, Dedé completou 37 jogos em sua primeira temporada com a camisa celeste, marcando três gols. No ano seguinte, o zagueiro esteve em campo 48 vezes, com cinco tentos anotados. Promissor, ele foi bem até se machucar gravemente no dia 5 de novembro de 2014, quando sofreu lesão no ligamento cruzado posterior do joelho direito, durante o empate em 3 a 3 com o Santos, na semi-final da Copa do Brasil. A partir de então, Dedé viveu entre idas e vindas do departamento médico.

Deixando a fase ruim de lado, o jogador tenta empolgar a torcida com planos para os próximos meses, sendo o principal deles a conquista da Libertadores. A estreia do Cruzeiro na competição acontece no dia 27 de fevereiro, contra o Racing (ARG).

"Estou com pensamento de voltar e o foco maior é dar o título da Libertadores. É suar sangue para levantar esse caneco e dar o tri para os cruzeirenses. Eles tiveram a paciência de me esperar três anos, então quero recompensar eles com essa conquista."

Esporte