PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Promessas da base citam apoio para não sentir peso da camisa do Santos

Rodrygo e Yuri Alberto, promessas da base santista - Ivan Storti / Santos FC
Rodrygo e Yuri Alberto, promessas da base santista Imagem: Ivan Storti / Santos FC

23/11/2017 16h58

Apesar de fazer pouco tempo que Yuri Alberto e Rodrygo estão no time profissional do Santos, as evoluções e aprendizados já surtiram efeito. A dupla conta que o técnico Elano sempre dá alguns toques e dicas para o aprimoramento da finalização.

"O Elano acompanhou nossos treinos desde a base, deu dicas... então quando subimos ficou mais fácil. Eles são nossos ídolos, temos eles como espelho. A gente tenta fazer o que eles fazem. Depois do treino nós ficamos finalizando, batendo bola para evoluir", explicou Rodrygo

"Em treinos de finalização ele me dá alguns toques, as movimentações, os facões. Eu não baixava muito para marcar na base, aqui eu estou tendo essa evolução", acrescentou Yuri.

Questionados sobre a possibilidade de entrarem em campo contra o Flamengo, no domingo, às 19h, na Ilha do Urubu, Rodrygo diz que o apoio um do outro faz com que ele encare como uma situação normal, mesmo com o estádio cheio e um adversário forte.

"Encaro como uma coisa normal... Apesar do estádio lotado, ser o Flamengo, eu encaro numa boa. Acho que a ficha não caiu, parece que eu ainda estou treinando pelo sub-17. Todos me receberam muito bem, então eu continuo tranquilo", explicou o menino.

Por falar em apoio, ambos lembraram de Luciano Santos, treinador do time sub-17. Os jovens agradeceram as broncas e ressaltaram a importância da passagem do comandante em suas carreiras.

"É um cara que depois da minha família é quem mais tem participação. Um cara que sempre me deu bronca, me colocou na linha, sempre me ajudou em todos os sentidos, ele tem muita participação nisso", disse Rodrygo.

"Nos ajudou bastante, antes do treino nós ficamos na resenha com ele. Desde o sub-11 nos ajuda", completou Yuri.

Esporte