PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Presidente do Peixe explica decisão e ainda espera resposta de Lucas Lima

21/11/2017 16h39

Lucas Lima não deve mais atuar pelo Santos. Seu afastamento das duas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro foi confirmado pelo clube na tarde desta terça-feira. Porém, o camisa 10 seguirá treinando e, além disso, a diretoria ainda espera que ele dê uma resposta sobre a proposta de renovação de contrato, já que o vínculo termina no fim deste ano.

- Foi uma conversa que tivemos e entendemos que esse é o melhor para o Santos. O futuro é o futuro, ainda tem até o fim do ano para falar. A proposta era a partir de junho. Esperamos a resposta, claro- disse Modesto Roma Júnior em breve contato com a reportagem do L!, após confirmar o afastamento de Lucas Lima.

Sobre a decisão, o dirigente disse que o ato foi em comum acordo com o atleta.

- Respeitamos o atleta e vamos cumprir o contrato, mas achamos que não é momento de mantê-lo no time nesses dois jogos - afirmou, sem deixar clara a motivação.

Recentemente, o camisa 10 passou a ser cobrado pelo técnico Elano por sua queda de desempenho. Já a torcida questionava seu comprometimento com o time e se revoltava com notícias de sua provável ida ao Palmeiras em 2018.

Desfalque contra o Grêmio na última rodada, por suspensão, Lucas Lima voltou a treinar na tarde desta terça-feira e deve seguir no CT Rei Pelé até a última rodada do Brasileirão, no dia 3 de dezembro.

A proposta de renovação de contrato feita pelo Santos é para um vínculo válido até o fim de 2020. Neste período, o meia receberia um total de R$ 41 milhões.

Desde que chegou ao Santos, em 2014, Lucas Lima fez 203 jogos e 19 gols. No total, foram 56 assistências.

Esporte